PORNOGRAFIA E TELENOVELAS – por Octopus

Pode parecer   antagónico referir dois temas tão diferentes, quando a pornografia é   consumida maioritariamente por homens, enquanto as telenovelas são-no pelas   mulheres, mas muitos pontos estes dois temas têm em comum.

Pornografia a arte de fingir

 A pornografia sempre   fez parte da sociedade humana, desde os seu primórdios , mas nunca como agora   faz parte da nossa vida com a era da Internet.

Se é verdade que a   pornografia faz parte dos nossos fantasmas mais remotos, para muitos homens   esta  tornou-se numa obsessão, não é puro acaso que a palavra mais   pesquisada no Google é “sex”.

A pornografia até pode   ser benéfica para uma casal estável, mas para muitos, não deixa de ser uma   alienação da sua sexualidade vivida, por recorrer frequentemente a desempenho   sexuais desmedidos e fora de qualquer contexto relacional e previligiar   sempre o homem como actor e a mulher como mero objecto sexual.

Ao fantasmar que a   relação com a sua mulher irá ser semelhante ao que vê nos numerosos    filmes e imagens pornográficas, este pode queres reproduzir as mesmas   situações e caso não as consiga reproduzir, poderá ficar decepcionado e   frustrado, afectando a relação do casal, que é muito mais do que sexo, apesar   de este ser um factor construtivo fundamental .

Cria-se então um   desequilíbrio, entre a a realidade e a ficção, pois a mulher é sempre a   vítima preferencial dessas relações pornográficas, as mulheres nesses casos   tornam-se uma “coisa”. Nega-se então a plenitude sexual com todo o   seu mistério.

A mulher como objecto   na pornografia

Sendo a sexualidade   masculina mais facilmente despertada pela a visão, a mulher fica relegada ao   papel de objecto dessa mesmo visão. Muitas mulheres pouco   a pouco tendem a comporta-se como o que o companheiro quer delas e a imitar o   comportamento dessas mesmo actrizes pornográficas. Num casal equilibrado esse   estimulo até pode ser benéfico, e quebrar uma certa rotina, mas nas outras   situações irá causar um sentimento de frustração por não estar à altura.

Os homens deixam então de ver as mulheres não como um todo, mas   sim como seios e coxas, e as mulheres por seu turno, muito influenciadas pela   publicidade, tentam competir com os modelos através de silicone, botox e   aumento dos seios.

O negócio da pornografia excede 13 mil milhões de dólares, só   nos Estados unidos, e 97 mil milhões em todo o mundo, maior do que os lucros da   Microsoft, Google, eBay ou Yahoo juntas.

As relações humanas entre um homem e uma mulher não podem ser   apenas um acoplamento mecânico sem qualquer cumplicidade. Se é verdade que as   imagens sexualmente estimulante deixam marcas no cérebro, essas devem ser   feitas sobretudo à custa da cumplicidade mutua.

A pornografia pode assim colocar um stress enorme no   relacionamento do casal.

Muitos defendem que a pornografia legitima as fantasias sexuais,   resfriando assim as potenciais agressões sexuais, mas mal vai a nossa sociedade quando   necessita de tais escapes para que tal não aconteça.


As telenovelas como alienação

Em certos aspectos, as   telenovelas funcionam para as mulheres como a pornografia para os homens.   Menos sensíveis aos aspectos da imagem, as mulheres funcionam com os seus   outros sentidos, um dos quais o imaginário e a procura de um ser ideal, que   não existe, ou quando existe, existe apenas na sua própria imaginação. Por   isso são consumidoras de telenovelas que as projectam num mundo imaginário   construído por seres perfeitos e de intrigas mais ou menos fantasiadas.

As telenovelas são   assim uma das maiores fontes de entretenimento, especialmente para as   mulheres. Apesar das telenovelas apenas abordarem uma determinada época,   sentem-se coniventes com a época em que se passam.

As telenovelas não são   o mundo real, mas a maioria compara as personagens intervenientes com a sua   própria vida, ela, bem real, a a real fica sempre como não podia deixar de   ser desfavorecida. Muitas mulheres não fazem qualquer distinção entre a vida   que vivem e a que é descrita nessas mesmas telenovelas. A falta de distensão   entre a ficção e a vida real muitas vezes acaba por criar um mau-estar nas   suas vidas.

Tentam copiar as atitudes e comportamentos que vêm. Não se   apercebem que na sua grande maioria o enredo das telenovelas é sempre baseado   na sensualidade, na ambição, na violência e nos fingimentos.

Alienação de comportamentos humanos

Através dos sonhos de glamour apresentados nestas ficções,   consideram que a vida que têm com o seu companheiro não passe de uma   banalidade frustrante. A maioria das telenovelas referem como banais as   traições, nelas a ausência de solidariedade são habituais, ocultando aquilo   que de bom se espera nas relações humanas.

As telenovelas acabam por ditar valores éticos e morais nas mentes das pessoas,   que vivem essas telenovelas como fazendo parte das suas vidas, deturpados,   esquecendo frequentemente o mundo real que as rodea. As telenovelas acabam   por alienar as pessoas como as religiões. Exploram as paixões humanas e exacerbem certos comportamentos   sexuais como a pornografia para os homens os faz noutro sentido. Por exemplo,   a nova versão da telenovela Gabriela tornou-se numa telenovela erótica,   submergindo o pano de fundo político que era central na obra de Jorge Amado.

Leave a Reply