OPINIÃO: QUANDO DEUS ESCOLHE OS SEUS PREFERIDOS… – por Octopus

Muito se tem falado do conflito isrealo-palestiniano, mas muito pouco da origem “Bíblica” do conflito, pois aqui fica uma opinião…

Culpar o povo judeu por ser doentiamente sádico e rapace é inócuo, visto que o verdadeiro culpado é Deus, uma praga misógina pederasta e sádica.

Observem que a grande sacação da dominação é a divisão, é garantir que os oprimidos continuarão sem poder por conta da divergência ideológica.

É dividindo que se domina e a mais eficaz forma de dividir é dar privilégios TOTAIS para uns e ainda transformar esses “uns” em bedéis, delatores, polícias, os que colocam “ordem” no caos!

Evidentemente para se escolher entre os oprimidos o tipo de ser pertinente e traidor é uma arte.
E o judeu devido ao seu carater rapace, foi escolhido!! Não é porque esse povo presta, ao contrário, é porque não presta!!!

Mas o poder judaico vem da demiurguice pederasta e não da qualidade judaica, ou seja, matamos Deus e os judeus medram como erva daninha diante de plantas potentes.

A aberração divina usou o judeu de propósito, era esse povo que tinha a maior quantidade de perniciosidade na alma, ele era perfeito (ainda é!) para ser alavancado. Tal povo devido a seu carater inferior aceitaria servir o “Paitológico” em sua agenda.

No dia que a humanidade entender que o tal Deus é um lixo, aí o poder judaico vira nada, pois é fictício, oriundo da crença dos outros povos seguidores do troço Cristo, que acabam se tornando mansos e domináveis.

Como é possível venerar uma imundicie que entendeu o judeu como algo pertinente a ser “escolhido”???
Ataquemos a filosofia da desgraça e matamos os desgraçados!!!

Leave a Reply