NA PRÓXIMA SESSÃO DA NOITE: DUAS SINFONIAS DE MOZART

Já aqui falámos muito de Wolfgang Amadeus Mozart. Na próxima sessão da noite, teremos duas sinfonias deImagem2 Mozart, a nº39 e a nº40 –  Será a gravação completa e ao vivo do Festival de Vlaanderen, concerto, realizado em 8 de Novembro de 2001, seguida de uma entrevista com o maestro Jos van Immerseel. Embora não sejam das suas obras mais divulgadas entre o grande público, as sinfonias de Mozart são de uma importância capital para a composição sinfónica. Mozart deu, logo após Joseph Haydn, a maior contribuição para esse género, no  qual trabalhou ao longo de quase toda a carreira. As primeiras sinfonias datam de 1764 e as últimas de 1788. As primeiras evidenciam a influência de compositores como Bach e Karl Friedrich Abel e outros que encontrou nas Suas viagens internacionais, misturando estilos italianos e germânicos.  Numa visão simplificada, digamos que o padrão estrutural da produção sinfónica mozartiana é uniforme: quase todas concebidas em três movimentos; o primeiro movimento é em tempo rápido. Os segundos movimentos são lentos e os movimentos finais são em regra rondòs rápidos.

Leave a Reply