EDIÇÃO DO DIA 25 DE ABRIL DE 2013

Imagem1
Temos anunciado com frequência – na próxima quinta-feira, dia 25 de Abril, não publicaremos as habituais secções e rubricas, pois faremos uma edição especial, cobrindo as 24 horas do dia com artigos, poemas, vídeos, música… Há quem diga que, mais do que celebrar Abril, seria preciso dar-lhe vida, pois está morto. Na realidade, a esperança que tivemos na Democracia, foi atraiçoada em nome do pragmatismo e da rendição às leis do capitaalismo. Se esquecermos Abril, assumiremos que o que conquistámos naqueles 18 meses que se seguiram está perdido. Pensamos que não devemos esquecer Abril.

Esquecer Abril é abdicar da Democracia e permitir que uma oligarquia substitua a ditadura de que o MFA nos libertou.

25 de Abril, sempre!

 

Leave a Reply