Pentacórdio para Terça-feira, 30 de Abril

por Rui Oliveira

 

  

yefim-bronfman-1-lkh

   O acontecimento musical desta Terça-feira, 30 de Abril deverá, a nosso ver, ser a estreia no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, às 21h, do pianista natural de Tashkent (no actual Usbequistão), mas formado em Israel e nos E.U.A., Yefim Bronfman.

Yefim Bronfman - Copy   É vulgarmente considerado um típico «pianista russo», «um virtuoso, mas ao mesmo tempo insatisfeito e perfeccionista », mas – segundo o programa da “Gulbenkian Música” − é o próprio que contraria esta visão, dizendo «… ser ridículo, por várias razões, não acredito que as fronteiras entre as quais nascemos nos tornem especialistas na sua música». É-lhe também elogiada a sua «técnica ilimitada, versatilidade estilística e, sobretudo, desprendimento. Ele jamais se coloca a si próprio à frente da música» (segundo Esa-Pekka Salonen).

   Actualmente artista residente da Bayerischer Rundfunk, estão previstos recitais seus a solo ou acompanhando a meio-soprano Magdalena Kozená este ano, de Los Angeles a Paris, Berlim ou Lisboa.

   No programa desta noite figuram de :

 

         Joseph Haydn         Sonata em Dó maior, Hob.XVI:50

         Johannes Brahms   Sonata nº 3 em Fá menor, op. 5

         Sergei Prokofiev     Sonata nº 8, op. 84

 

   Mostramos-lhe o último andamanto Scherzo da peça de Brahms do programa, a Sonata nº 3, tocada no Teatro Mariinsky em São Petersburgo em  Junho 2012 :

 

 

[ Se o leitor quiser ouvir a interpretação de Yefim Bronfman do Concerto nº 2 em Sol menor, op. 16 de Prokofiev integral (andamentos Andantino – Allegretto, Scherzo, Intermezzo, Allegro tempestoso) com a Orquestra Sinfónica Nacional da RAI, dirigida por Vassily Sinaisky, com Giampaolo Pretto, flauta , clique aqui  http://youtu.be/CCeo1vyewEg  ]

 

 

 

F3FadoNoCais   Noutra área musical, o Centro Cultural de Belém  (CCB) tem nova sessão do seu ciclo “Há Fado no Cais”, desta vez trazendo ao seu Grande Auditório, às 21h desta Terça-feira, 30 de Abril, o conhecido fadista Camané.

 Camane 2.2013  A publicar discos desde 95, «todos êxitos de vendas, com características próprias e bem definidas do seu estilo de cantar fado», este artista vem editar em 2013 uma colectânea com alguns dos seus maiores sucessos −  de que este concerto pretende ser o palco de divulgação ao público – mas que inclui também novos temas originais, bem como alguns convidados especiais.

   Procurando algumas das suas produções mais recentes, encontrámos um vídeo interessante onde Camané canta o conhecido tema “Inquietação”, poema e música de José Mário Branco com novo arranjo musical dos Dead Combo, animado por Ryan Woodward (bem como este tema “Adeus que me vou embora” duma série televisiva nova “Odisseia”, audível aqui http://youtu.be/qqvP1Bl2Bog )

 

 

 

 

   Quem se deslocar nesta Terça-feira, 30 de Abril à Sede da Orquestra Metropolitana (Travessa da Galé, nº 36, perto da antiga FIL) poderá assistir, às 18h30 com entrada livre, ao Concerto Final da Masterclasse de Clarinete ministrada por Javier Llopis.

Javier Llopsis   Nele, o próprio Javier Llopis clarinete e requinta, acompanhado por Francisco Sasseti piano e ainda um Ensemble de Clarinetes formado pelos alunos participantes na Masterclasse, irão interpretar de :

        Antonio Vivaldi  – Concerto para Flauta e Cordas, op. 10/1, RV 433, “La tempesta di mare”     

                                                    (arranjo para requinta e ensemble de clarinetes de Javier Llopis)

        Jorge Montilla  – Registro de Pajarillo, para requinta solo

        André Messager  –  Solo de Concurso

        Béla Kovács  –  Sholem-alekhem, rov Feidman!

 

   Podemos ouvir aqui a interpretação daquele clarinetista da peça de Montilla na ClarinetFest 2011 em Los Angeles (Califórnia) :

 

 

 

 

   De entre o cinema fora dos circuitos comerciais (brevemente referiremos alguns desse sector que julgamos válidos), assinalem-se dois patrocinados por institutos estrangeiros.

 

Carlos_Saura_%20650Taxi_   Um, no Instituto Cervantes, é mais uma película do ciclo de Homenagem a Carlos Saura, neste caso “Taxi” (Espanha, 19996) com Ingrid Rubio (Paz), Carlos Fuentes (Dani), Ágata Lys (Reme) e Ángel de Andrés López (Velasco) nos principais papéis.

   A sinopse divulgada diz : «Depois de ter reprovado nos seus exames, Paz é obrigada pelo pai, um taxista, a aprender a sua profissão. O que a Paz não sabe, mas que então descobre, é que o seu pai é membro de um grupo de racistas que procura, nas ruas de Madrid, homossexuais e gente de cor a quem perseguem e querem agredir. O problema começa, para ela, quando se apaixona por um dos membros do grupo, Dani, também taxista, o qual partilha das ideias do pai …».

   O vídeo abaixo mostra uma cena capital do filme :

 

 

   O leitor interessado poderá, agradecendo ao YouTube, apreciar o filme completo aqui : http://youtu.be/vNss9BHtSeQ

 

 

Renn-wenn-du-kannst_3_495_Zorro

   O outro, em exibição na Biblioteca do Goethe-Institut, é o último da temporada lectiva do ciclo Kellerkino (que retomará quinzenalmente no próximo Outono).renn_wenn_du_kannst_pl_424_600_80Dietrich Brüggemann

   Trata-se do filme dramático “Corre se puderes” (Renn wenn du kannst) (Alemanha, 2009) do realizador alemão Dietrich Brüggemann (foto), com Robert Gwisdek (Ben), Anna Brüggemann (Annika), Jacob Matschenz (Christian), Daniel Drewes, Amelie Kiefer e Franziska Weisz nos papéis principais.

   Sinopse do filme : Ben é jovem, inteligente e engraçado. Ben está desesperado. Ben encontra-se numa cadeira de rodas. Para ele, o amor não é uma alternativa, pelo menos é isso que ele diz a Christian, do serviço cívico, que é o novo responsável por ele. Christian tem uma vida simples. Fica a ajudar Ben mais meio ano e depois vai à sua vida. Renn-wenn-du-kannstAnnika estuda violoncelo, mas os estudos musicais e a necessidade impiedosa de atingir a perfeição pesam muito sobre ela. Os três tornam-se amigos e criam um mundo próprio de desejos e de imaginação. Depois apaixonam-se, pois ambos os rapazes querem de Annika obviamente mais do que uma simples amizade. Annika não consegue decidir – gosta de Christian e do seu carácter intuitivo, mas no fundo sente uma maior ligação a Ben. O que no início é para os três apenas um jogo, é para Ben uma viagem pelos seus maiores medos e por abismos, dos quais ele se não consegue libertar sozinho …

   É este o filme-anúncio (em alemão) :

 

 

 

 

   Quanto a teatro, lembra-se (porque o não fizémos na estreia, a 11 de Abril passado) que nesta Terça-feira, 30 de Abril, às 16h no Auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian se representa garcia de ortapela 3ª vez a peça “Garcia de Orta, o sábio prático”, uma criação de “A Barraca” (dir. Helder Costa) para ilustrar a conferência internacional “O Mundo num Livro”, realizada naquela Fundação a propósito da celebração dos 450 anos dos “Colóquios dos simples e drogas da Índia” de Garcia de Orta.

   As últimas representações terão lugar a 9 Maio, 21 Maio e 30 Maio.

   Como bem explica o seu programa : « O sábio protagonista desta peça, talvez refugiado na Índia, pertenceu à geração dos Renascentistas portugueses que souberam, na ciência, na aventura marítima, no campo artístico e literário e na gestão do estado, cultivar a experiência, madre de todas as cousas e criar um convívio ético com todos aqueles cujo heroísmo, inteligência e sofrimento produziam a grandeza da Pátria. Por isso o ligámos com o seu amigo Camões e com a escrava Bárbara, estabelecendo a ponte entre o estudo, a criatividade, o humor e a afectividade. É uma homenagem simples a uma época e a figuras da nossa história absolutamente excepcionais».

 

 

 

   Por último, também na Fundação Calouste Gulbenkian, agora no campo das conferências/debate, tem lugar nesta Terça-feira, 30 de Abril, às 18h, no seu Auditório 2, uma conferência (a primeira dum ciclo até final do ano) e o lançamento dum livro.o futuro da alimentação

   Este, denominado “O Futuro da Alimentação: Ambiente, Saúde, Economia”, teve a coordenação do Professor José Lima Santos, coadjuvado por Pedro Graça, Isabel do Carmo e Isabel Ribeiro.

   Será, nesta sessão de abertura com transmissão on line em  http://www.livestream.com/fcglive , apresentado por Viriato Soromenho Marques.

   Segue-se-lhe uma palestra por Antonio Di Giulio, actualmente Director Interino para a área das Tecnologias, Agricultura e Alimentação da Direcção Geral da Investigação e Inovação da Comissão Europeia, subordinada o título “EU priorities on Food Research and Innovation”, após o que haverá discussão aberta.

   A entrada é livre.

 

 

 

(para as razões desta nova forma de Agenda ler aqui ; consultar a agenda de Domingo aqui)

 

 

 

 

 

1 Comment

Leave a Reply