QUANDO O CIRCO PEGA FOGO, NA VOZ DE VASCO LOURENÇO por clara Castilho

9349741_b7nUl

Afonso Cruz é um dos escritores mais falados de momento. Multifacetado, também faz parte de uma banda, de nome estranho – The Soaked Lamb ! A irreverência até aqui: quando se juntavam para gravar – em casa, já lá vai o tempo de marcar vez nos estúdios! – era-lhes servido ensopado de borrego.

 A banda é composta por seis músicos multi-instrumentistas e teve origem na decisão de Miguel Lima (o baterista) de gravar um CD. Do grupo fazem parte Afonso, Miguel Lima, Tiago Albuquerque, Mariana Lima Balas, Vasco Condesso e Gito.

Li ma imprensa que o capitão de Abril Vasco Lourenço participava numa das canções do seu último disco. Achei piada e fui à procura. E aqui vos trago a música e a letra da canção.

Vasco Lourenço é a voz que chama as pessoas para entrarem na tenda do circo e se divertirem com as actuações, usando um megafone.

Apresentação exemplo

 

 

Palhaços
música: Afonso Cruz e Tiago Albuquerque
letra: Gito Lima

Senhoras, senhores
Meninas, meninos
Operários, doutores
Grandes e pequeninos

A pedido das melhores famílias
Quem tem voto neste assento
O circo veio de malas e mobílias
Pr‘acabar com o lamento

O circo chegou à cidade
Numa tenda de pedra e cal
Traz paz, traz felicidade
Até dinheiro e coiso e tal

Com os animais habituais
Tem outros tais, bem especiais
São lobos, cobras, lagartos
Palhaços ricos e fartos
Artistas nas faces das revistas
De pés pró ar e vice-versa
Ilusionistas bem malabaristas
Balões de ar e de conversa

Já arde o tecto do barraco
Não se mexam do lugar
É parte do grande espectáculo
Ninguém sai até acabar

O circo está instalado
E está mesmo aqui ao lado.

Uma forma de resistência?

http://

Leave a Reply