“No silêncio da noite…” por Lídia Rocha – Toccata & fugue

LOGOTIPO sillencio da noite

“Toccata & fugue” do compositor alemão Johann Sebastian Bach, interpretação da violinista tailandesa (actualmente cidadã britânica) Vanessa Mae, acompanhada pela Bratislava Radio Symphony Orchestra.

3 Comments

  1. Talvez não me tenha feito entender há bocado. Por comparação, poderíamos dizer desta versão (não é uma interpretação) que é como se alguém alterasse as estrofes, no seu ritmo, na sua métrica, misturasse também conteúdos, de Os Lusíadas para tornar o poema mais fácil de ler, mais descontraído, menos concentrado e sério e depois dissesse tratar-se de uma obra de Camões. É preciso ter cuidado. É uma pena que a grande maioria das pessoas não saiba de música e, portanto, não saiba avaliar uma interpretação (neste caso é uma vigarice) e respeitar, não por qualquer motivo sagrado, a intenção musical do compositor e a profundidade espiritual e cultural da peça. O caminho da cultura não pode ser a descer mas a subir. Aprecio muito este “blogue”, em razão da minha linha política, e por isso lamento que não escolham, na música erudita, verdadeiras interpretações com os melhores autores (esta tem muita técnica mas não é uma boa intérprete). Pedro Mota.

  2. Só agora me foi possível responder aos seus comentários. O comentário construtivo é sempre bem-vindo, dispensando-se no entanto os adjectivos sarcásticos despropositados.. A escolha das músicas que faço para a rúbrica “no silêncio da noite”, não obedece a critérios definidos com base na sua essência cultural, mas sim ao critério simplista das melodias que considero apropriadas.

Leave a Reply