POSSE – poema de Rachel Gutiérrez

Imagem3

Posse

 

 Anjo, te compreendo agora

 em tua exigência alada

 me queres

            a um tempo

 aberta e tensa

 passiva e antenada

                e assim

entras em mim…

 como na bainha

            a espada

 e em versos me escreves.

 (21.11.01)

 (in Cantares)

Ilustração – reprodução de um quadro de Dorindo Carvalho

1 Comment

Leave a Reply