A BARRACA – ENCONTRO IMAGINÁRIO Nº 53. Amanhã, 8 de JULHO.

Encontro Imaginário nº 53

ULTIMO AVISO ! RESERVAS para este mail, costhelder@gmail.com, ou 213965360

Outro Encontro com participação da sociedade civil , no dia 8 de Julho na BARRACA !!!

Gandhi, fundador do moderno Estado Indiano e o maior defensor do Satyagraha   – não agressão, forma não violente de protesto -, será interpretado por Armando Nascimento Rosa, escritor, dramaturgo e professor da Escola Superior de Teatro e Cinema.

A historiadora e especialista nos estudos do Século XVIII Maria Helena Carvalho dos Santos levar -nos – á ao convívio com Maria Antonieta, a rainha que, submersa na voragem da Revolução Francesa de 1789, acabou por ser guilhotinada.

Hitler, o ultimo convidado deste Encontro será apresentado por Mário Figueiredo, prestigiado criativo e apresentador de Rádio e Televisão.

Reservas:  para este mail, costhelder@gmail.com,  ou 213965360 .  5€

***

GANDHI

Ghandi

Conhecido popularmente por Mahatma Gandhi (sânscrito “Mahatma”, “A Grande Alma”) foi idealizador e fundador do moderno Estado Indiano e o maior defensor do Satyagraha (princípio da não agressão, forma não violenta de protesto) como um meio de revolução, que também inspirou gerações de activistas democráticos e anti-racistas como Martin Luther King e Nelson Mandela.

Foi assassinado por um hindu radical em 1948.

*

HITLER

Hitler

As suas teses racistas e anti-semitas, assim como os seus objectivos para a Alemanha ficaram patentes no seu livro de 1924, Mein Kampf  (Minha Luta). No período de 1939 a 1945 Hitler liderou a Alemanha enquanto criadora do maior conflito do século XX a Segunda Guerra Mundial. Propagandista brilhante, de uma tenacidade cruel e sem escrúpulos, organizou o Holocausto – extermínio  organizado  de judeus, ciganos, homossexuais e deficientes em câmaras de gás nos campos de concentração. O seu declínio começou com a derrota em Estalinegrado na União Soviética.

Pensa-se que se terá suicidado no seu “bunker” em Berlim, quando o Exército Vermelho se preparava para ocupar a capital desse império de horror e crime.

*

 MARIA ANTONIETA

Maria Antonieta

Arquiduquesa da Áustria e rainha consorte de França de 1774 até à Revolução Francesa em 1789.

No início da sua vida em Versalhes povoou a corte de gente nova e elegante e adorava as festas das noites parisienses em que as mulheres apareciam mascaradas.

Tornou-se uma rainha odiada pelo povo pela devassidão, gastos imoderados e imoralidade.

Meses depois de Luís XVI, Maria Antonieta então conhecida como “Viúva Capeto”, foi condenada à morte por traição, morrendo na guilhotina em 16 de Outubro de 1793.

Leave a Reply