A ILHA DOS NÁUFRAGOS, de Louis Even – 22- Fábula que permite compreender o mistério do dinheiro

 

Obstáculo a distribuição

E isto não é tudo. Além de endividar a produção que financia ou de paralizar a actvidade produtiva daquela que se recusa a financiar, o sistema de dinheiro é um mau instrumento financeiro de distribuição das mercadorias e produtos. Nós gostamos de ter lojas e armazéns cheios e gostamos também de saber o que é preciso para uma produção ainda mais abundante, mas a distribuição dos produtos e mercadorias é racionada, pois para os obter é preciso pagá-los. Perante uma tal abundância ns oferta de produtos, é preciso dinheiro em abundância nas carteiras. Tal não é o caso. O sistema põe sempre maior o preço dos produtos do que o dinheiro existente nos bolsosde quem tem necessidade desses produtos.

A capacidade de pagar não é equivalente à capacidade de produção. A finança esta fora da realidade. A realidade, são os produtos abundantes, e fáceis de fazer. A finança é o dinheiro racionado e dificil de obter.

Corrigir o que é corrupto

O sistema de dinheiro actual, é portanto um sistema punitivo, em lugar de ser um sistema ao serviço das necessidades do público. Isto não quer dizer que seja preciso suprimi-lo, mas sim que é necessário corrigi-lo. Será isso que tornará magnifcamente eficaz a aplicação dos princcípios financeiros, conhecido sob o nome de Crédito Social.

Amanhã – O crédito social

Leave a Reply