DIA 7 DE SETEMBRO – DIA DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL

Imagem1

No dia 7 de Setembro celebra-se o famoso Grito do Ipiranga que assinala a independência do Brasil. Independência que, num certo sentido, teríamos de escrever entre aspas – haverá países verdadeiramente independentes? – Portanto, a nossa edição especial celebra a independência política e lamenta dependência dos grupos internacionais.  Uma comemoração crítica que tentará realçar as riquezas e diagnosticar as fragilidades de um gigante, adormecido com samba e futebol, mas que parece estar despertando do sono e exigindo que os seus direitos deixem de ser sonegados. Sob a direcção do argonauta brasileiro Sílvio Castro, professor de Literatura Brasileira na Universidade de Pádua e com a colaboração de brasileiros, portugueses, italianos, no dia 7 de Setembro toda a edição de A Viagem dos Argonautas é dedicada ao Brasil – à sua História, à sua Economia, à sua Cultura. Hoje, queríamos mostrar-vos o belo logótipo que Dorindo Carvalho criou para esta iniciativa. Será o indicativo de todas as notícias que se relacionarem com a edição de 7 de Setembro.

2 Comments

  1. Seguindo o raciocínio do autor da matéria, VERDADEIRAMENTE o Brasil não obteve a sua independência na plenitude, pois, além de vendido ainda no berço -situação que ainda perdura-, pelo azar de ter sido colonizado exatamente pelos compatriotas do firmatário do predito artigo, portugueses que persistem, antiquadamente, em ser católicos carolas e atrelados, atoleimadamente, à Santa Sé, transmitiram, de roldão, o conformismo, a acomodação disseminada por essa crença. Por que lutar por uma vida melhor, se “os pobres herdarão o reino dos Céus”? Minha Nação não é apenas samba e futebol, mas seu povo continua anestesiado por uma religião retrógrada e que é dona de mais de um quinto das terras brasileiras.
    Somos orientados/conduzidos pela Santa Madre igreja, que a tudo dissipa, e pela Rede Globo, que determina nossos usos, costume e leis, e, mesmo até, a vida sexual do miserável brasileiro. Se, no entanto, tivéssemos sido colonizados por ingleses, por exemplo…

    Carlos Reni Melo, advogado criminalista na Comarca de Viamão, RS, Brasil e articulista de dois jornais semanários e de uma revista. Leitor assíduo (e antigo) da VIAGEM DOS ARGONAUTAS.

Leave a Reply