DIA UM DE JANEIRO DAMOS INÍCIO À PUBLICAÇÃO DE UMA SÉRIE DE FOTOGRAFIAS DE EDUARDO GAGEIRO

Imagem1


A POÉTICA DE EDUARDO GAGEIRO

No seu já longo percurso de fixar dinamicamente imagens, Eduardo Gageiro foi construindo uma poética com sinais distintos e irrepetíveis, dada a sensibilidade com que selecciona o “objecto”, o momento, o contexto, a oportunidade  que conferem às suas fotografias o estatuto de obras de arte.

Além disso, muitas das suas fotografias podem “ler-se” como autênticos ensaios antropológicos, de tal modo a geografia humana é marca obsessiva do seu modo de olhar, aliando técnica e sensibilidade artística que todos lhe reconhecem. Com razão já foi expressivamente considerado como o «fotógrafo do povo e da revolução de Abril».

São deste mestre emérito da arte de fotografar as imagens que, dia a dia, iremos publicar, a partir de 1 de Janeiro – Fotografias com histórias, assim se chama o álbum com fotos de algumas das personalidades que mais marcaram o século XX. Todos os dias, às 17 horas, podereis ver uma personalidade fotografada por Eduardo Gageiro, a história por ele contada e, devidamente identificado, um comentário nosso.

Aproveitamos para vos lembrar que no Museu de Cerâmica de Sacavém  está aberta ao público uma exposição com obras de Eduardo Gageiro,l que pode ser vista até 15 de Fevereiro de 2015.Nos segundos sábados de cada mês a visita é guiada pelo autor.

A Viagem dos Argonautas agradece a Eduardo Gageiro a aceitação da nossa proposta e manifesta a grande honra e o grande orgulho de o ter a bordo.

Carlos Loures

Manuel Simões

Leave a Reply