RETRATOS COM HISTÓRIAS – 0 – DE EDUARDO GAGEIRO

 Imagem1

INTRODUÇÃO

Vamos iniciar a publicação de um álbum de fotografias de Eduardo Gageiro – Retratos com Histórias – fotografias de 27 personalidades que marcaram o século XX. Porém, há um pormenor que deve ficar esclarecido desde já – quando dizemos que vamos comentar as fotografias de Eduardo Gageiro, gostaríamos que nem por um momento existisse a ideia de que vamos comentar o trabalho do mestre – nem pensar. Já andamos por aqui há umas décadas e estas personagens, algumas delas pelo menos, cruzaram-se connosco ou influenciaram de algum modo as nossas vidas ou recordamos momentos por nós vividos que se relacionam com estes actores de primeiro plamo num século de que fomos figurantes. Serão quase sempre pequenos apontamentos. Eduardo Gageiro comenta os seus trabalhos – fotografia e comentário do autor, devem assumir todo o protagonismo.

Há uma frase atribuída nem mais nem menos do que a Confúcio, frase muito do agrado das gentes do marketing – Uma imagem vale por mil palavras – Ligados à palavra, sabendo que a palavra tem um poder mágico, quando se encontra a palavra certa para um determinado contexto, não podemos estar de acordo com o filósofo e pensador chinês  – diríamos assim: algumas imagens valem por mil palavras.  Ou ainda: uma fotografia de Eduardo Gageiro vale por uma reportagem com milhares de palavras.

A POÉTICA DE EDUARDO GAGEIRO

No seu já longo percurso de fixar dinamicamente imagens, Eduardo Gageiro foi construindo uma poética com sinais distintos e irrepetíveis, dada a sensibilidade com que selecciona o “objecto”, o momento, o contexto, a oportunidade que conferem às suas fotografias o estatuto de obras de arte.

Além disso, muitas das suas fotografias podem “ler-se” como autênticos ensaios antropológicos, de tal modo a geografia humana é marca obsessiva do seu modo de olhar, aliando técnica e sensibilidade artística que todos lhe reconhecem. Com razão já foi expressivamente considerado como o «fotógrafo do povo e da revolução de Abril».

São deste mestre emérito da arte de fotografar as imagens que, dia a dia, iremos publicar, a partir de 1 de Janeiro – Fotografias com histórias, assim se chama o álbum com fotos de algumas das personalidades que mais marcaram o século XX. Todos os dias, às 17 horas, podereis ver uma personalidade fotografada por Eduardo Gageiro, a história por ele contada e, devidamente identificado, um comentário nosso.

Aproveitamos para vos lembrar que no Museu de Cerâmica de Sacavém está aberta ao público uma exposição com obras de Eduardo Gageiro, que pode ser vista até 15 de Fevereiro de 2015. Nos segundos sábados de cada mês a visita é guiada pelo autor.

A Viagem dos Argonautas agradece a Eduardo Gageiro a aceitação da nossa proposta e manifesta a grande honra e o grande orgulho de o ter a bordo.

Carlos Loures

Manuel Simões

 

Amanhã – Amália Rodrigues

Leave a Reply