A BARRACA – EM MAIO

logo

maio 2014 - Imaio 2014 - II

ver ficha artística >>

Maio 2014 - III

A Geração da Utopia

Encontros Imaginários

O Pranto de Maria Parda e
D. Maria, A Louca

de Pepetela

Segundas feiras, quinzenalmente

ATÉ 11 MAIO
QUI a SÁB  21H | DOM  17H

A Geração da Utopia é uma adaptação ao teatro do romance homónimo de Pepetela. Acompanha quatro décadas da vida de angolanos que com maior ou menor intensidade estiveram envolvidos na luta pela independência de Angola. A teia de relações das personagens serve de pretexto para a exploração de grandes temas: o surgimento de grupos de poder dentro dos movimentos independentistas; a instrumentalização da independência para fins próprios; o desencanto e a desistência das utopias que guiaram os movimentos de libertação. O retrato histórico emerge em paralelo com o retrato íntimo das personagens. A peça procura evocar de forma minimal mas realista o período e circunstâncias da ação, dos conservadores anos sessenta em Portugal aos anos noventa em Luanda, passando pela guerra, junto da fronteira com a Zâmbia.

Teatro CINEARTE A BARRACA

TEXTO | Pepetela

ADAPTAÇÃO | Guilherme Mendonça

ENCENAÇÃO | Guilherme Mendonça

ELENCO | Angelo Torres, Giovanni Lourenço, Margarida Bento, Matamba Joaquim, Lara Mesquita, René Vidal, Susana Sá

DESENHO DE LUZ | Vasco Letria

DESENHO DE SOM | Chullage

GUARDA- ROUPA |Rosário Moreira

FOTOGRAFIA | Herberto Smith

VÍDEO | Mário Melo Costa

DESIGN GRÁFICO | Mário Melo Costa

PRODUÇÃO | Teatro GRIOT

ASSISTÊNCIA À PRODUÇÃO | Underground Railroad

DIVULGAÇÃO E ASSESSORIA DE IMPRENSA | Underground Railroad

ler mais

Encontros Imaginários nº 71 – 5 de Maio 21h30
Máximo Gorki foi um escritor, romancista, dramaturgo, contista e revolucionário russo. Correligionario e grande amigo de Lenine, escreveu teatro , contos e romances, sendo “A Mãe” a sua obra mais conhecida e elogiada. Bertolt Brecht adaptou e encenou essa obra para teatro , facto que ajudou à sua divulgação Universal.
Arnaldo Matos, advogado e reconhecido activista politico apresentará essa figura única da literatura mundial.

Ana Benavente, professora da Universidade de Lisboa recordará Mae West , actriz norte-americana de teatro, music-hall e cinema dos anos 20 do século XX, célebre pelo tom provocatório e picante contra a conservadora sociedade Norte- Americana.

Carlos Fragateiro, professor da Universidade de Aveiro, ex- director do Teatro da Trindade e do Teatro Nacional D. Maria II, será António Ferro  escritor, jornalista e político português  que dirigiu o Secretariado  de Propaganda Nacional, organismo que  criou as bases da politica cultural do Estado Novo de Salazar.

Máximo Gorki – Arnaldo Matos
Mae West – Ana Benavente
António Ferro – Carlos Fragateiro

2ª PARTE

CANÇÕES  da REVOLUÇÃO PORTUGUESA
A memória do “PREC” com canções do GAC, José Mário Branco, Tino Flores e outros.
Participação de Samuel, Vitor Sarmento, Carlos Sanches

Encontros Imaginários nº 72 – 19 de Maio
(Participação da Sociedade Civil)

Himmler, oficial Nazi – José Zaluar, professor Universitário
Infante D. Henrique, príncipe português ligado aos Descobrimentos – Gomes Marques, amador de teatro, ex-bancário
Che Guevara – revolucionário Argentino na Revolução Cubana – Tino Flores, cantautor

ler mais

24 MAIO

PRANTO DE MARIA PARDA

VIII FESTIVAL PALCO PARA DOIS OU MENOS

21h30 – Centro Cultural de Carregal do Sal

1 DE JUNHO

D. MARIA, A LOUCA

XXXVII FITEI  – Teatro Rivoli Porto

16h00

PARA ESCOLAS NO TEATROCINEARTE

FELIZMENTE HÁ LUAR

(disponível por marcação para escolas)

Ano lectivo 2013/14

Horários Segundas e Sextas às 10h00 e às 11h30

ler mais

 

 

No BAR A BARRACA

Concertos, Poesia e Milonga

 

> Quartas de Forró :: 22h30 :: Quinteto Luso-Baião ao vivo
entrada 5eur

> Quintas-feiras :: 22h30 :: Quintas de Poesia com Miguel Martins e convidados

8/05 + Maria João Lopes Fernandes – Concretismo
15/05 + Alexandre Sarrazola . Poetas Expatriados
22/05 + Ricardo Castro – Impressões/Homem do Saco
29/05 + Maria do Céu Guerra

entrada livre

> Dia 9 :: 22h30 :: Pat Escobar – tributo a Elis
entrada 5eur

> Dia 16 :: 22h00 :: lançamento Tinta da China – Margarida Campilho
entrada livre

> Dia 17 :: 18h00 :: lançamento livro Tea for One – Ana Tecedeiro
entrada livre

> Dia 23 :: 22h30 :: Concerto 4 Sóis
entrada 5eur

> Dia 24 :: 17h30 :: Lançamento Antologia Pinguim – Porto
entrada livre

> Dia 30 :: 22h00 :: Contadores de Estórias
entrada 3eur

> Dia 31 :: 18h00 :: Feira do Livro Homem do Saco / Pianola editores
entrada livre

22h30 concerto piano c/ feira a decorrer

> Todos os domingos :: das 21h30 às 0h30 :: noite de tango

MILONGA DA BARRACA

A abraçar lisboa desde 1999!

É a mais antiga milonga de Lisboa, começou há quase 13 anos e hoje ainda é uma referência do tango em Lisboa. Dança-se o tango mais tradicional, a milonga e a valsa derivada do tango argentino. No fim, há fado.
http://www.tangoportugal.com/
Entradas: 6€
para alunos :: 3€

Todos os domingos :: das 20h às 21h30 :: aulas de tango
Aulas de Tango Milonguero
Venha aprender a dançar o tango!
Com Alejandro Laguna e equipa da milonga d’A Barraca: Leonor, Manuel, Ilídio, Melanie

Para Iniciados e Avançados
Aula de experimentação: 8€
Aulas compradas avulso: 13€

Contactos

Morada

Telefone/Fax

Email

Barraca
Largo de Santos, nº2
1200-808 Lisboa

  1. 968792495

    T.213965360213965360213965360/ 213965275213965275213965275(10h00 às 18h00)

    F. 213955845

producao@abarraca.com
bilheteira@abarraca.com
barraca@mail.telepac.pt

Mais informações sobre Teatro A Barraca em www.abarraca.com

 

Leave a Reply