VAMOS BEBER UM CAFÉ? – 3 –  por José Brandão

Imagem1

café - III

A revolução.

 

O café já era uma bebida conhecida dos colonos que começaram a instalar-se na América durante o século XVII. Quatro anos após a passagem de Nova Amesterdão a Nova Iorque, o café destronou a cerveja como bebida do pequeno-almoço dos habitantes da cidade.

E ganhou finalmente o título de «bebida da Revolução Americana» uns anos mais tarde. Os cafés, como o Green Dragon, de Boston, eram locais de encontro dos revolucionários, mas depois da histórica Boston Tea Party, em que um carregamento de chá foi deitado ao mar por colonos que protestavam contra o novo imposto sobre esta planta, o café foi adotado como bebida patriótica. Foi ainda num café que a Declaração de Independência foi lida pela primeira vez.

Os americanos nunca deixaram o hábito de beber café, que surge associado aos pontos altos e aos momentos mais duros da História da construção dos Estados Unidos. Desde as caravanas dos pioneiros que desbravaram o Oeste até aos acampamentos dos soldados durante a Guerra Civil americana, o fim do dia foi sempre marcado pelo momento de conforto que era beber uma chávena de café perto da fogueira.

 

café - IV

 

A seguir – Café mágico

Leave a Reply