MOSTRA LATINO-AMERICANA DE TEATRO NA TRINDADE – DIA 13, EU, “A MULHER MACACO” (MÉXICO)

O Teatro da Trindade, em Lisboa, de 9 a 17 de Setembro de 2014 acolhe a ​1.ª Mostra Latino-americana de Teatro, organizada pela Casa da América Latina, com o apoio das Embaixadas da Argentina, do Brasil, do México, do Paraguai e da República Dominicana.

 A mostra tem como objectivo dar a conhecer ao público o trabalho de muitos artistas e criadores, naturais de países da América Latina, que desenvolvem o seu trabalho em companhias residentes em Portugal e Espanha.

 No dia 13 de Setembro, sábado às 21h30, Eu, a mulher macaco (México).

euamulhermacaco460-300x169

Companhia: Valdevinos Teatro de Marionetas; texto: Elmer Veckío Mendoza; encenação: Fernando Cunha e Veckío Mendoza; interpretação/manipulação: Fernando Cunha, Ian Carlos Mendoza e Sofia Portugal; música: Ian Carlos Mendoza; coro: Coral Allegro; fotografia: Miguel Soares; vídeo: Ricardo Reis; produção: Ana Pinto; duração: 1h15 (sem intervalo).

Representação da vida de Julia Pastrana, a mulher macaco, uma mexicana que nasceu em 1834, faleceu em 1860 em Moscovo e cujo corpo regressou ao México 153 anos depois, em Fevereiro de 2013. Vítima de hipertricose, uma doença incurável, Pastrana tinha o corpo coberto de pêlos e por isso ficou conhecida como a mulher macaco.

Neste trabalho de experimentação multidisciplinar, o grupo Valdevinos conta na primeira pessoa a desconcertante história desta mulher, transformada em atracção de circo, sem escrúpulos, pelo marido e empresário Theodore Lent.

 

 

Leave a Reply