NESTE DIA… Em 15 de Setembro de 1765 nasceu Bocage

nestedia3

Em 15 de Setembro de 1765, nasceu em Setúbal o grande poeta português Manuel Maria Barbosa ´l’Hedois du Bocage (morreu em Lisboa em 21 de Dezembro de 1805). Bocage Aderiu à Academia das Belas Letras ou Nova Arcádia, adoptando o pseudónimo de Elmano Sadino. Foi um dos grandes cultores do Arcadismo Lusitano, senão mesmo o mais relevante árcade, marcando a sua obra um estilo de transição do modelo clássico para o romantismo que viria a dominar a literatura portuguesa da primeira metade do século XIX.

Eis um auto-retrato de Bocage:

Magro, de olhos azuis, carão moreno,
Bem servido de pés, meão na altura,
Triste de facha, o mesmo de figura,Imagem1
Nariz alto no meio, e não pequeno;
o
Incapaz de assistir num só terreno,
Mais propenso ao furor do que à ternura;
Bebendo em níveas  mãos, por taça escura,
De zelos infernais letal veneno;
0
Devoto incensador de mil deidades
(Digo, de moças mil) num só momento,
E somente no altar amando os frades,
0
Eis Bocage, em quem luz algum talento;
Saíram dele mesmo estas verdades,
Num dia em que se achou mais pachorrento.

 SONETO DE BOCAGE, QUADRO DE DORINDO CARVALHO

Imagem1

Liberdade, onde estás? Quem te demora?

Quem faz que o teu influxo em nós não Caia?

Porque (triste de mim!) porque não raia

Já na esfera de Lísia a tua aurora?

 O

Da santa redenção é vinda a hora

A esta parte do mundo que desmaia.

Oh! Venha… Oh! Venha, e trémulo descaia

Despotismo feroz, que nos devora!

 O

Eia! Acode ao mortal, que, frio e mudo,

Oculta o pátrio amor, torce a vontade,

E em fingir, por temor, empenha estudo.

O

Movam nossos grilhões tua piedade;

Nosso númen tu és, e glória, e tudo,

Mãe do génio e prazer, oh Liberdade!

Óleo sobre tela 80×80 cm

1 Comment

Leave a Reply to joaompmachado Cancel reply