ASSOCIAÇÃO DE COMBATE À PRECARIEDADE – PRECÁRIOS INFLEXÍVEIS – ELAS NÃO DESISTEM: APELO PARA JORNADA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE COM A LUTA DAS TRABALHADORAS DA LIMPEZA NA GRÉCIA – AMANHÃ, 20 de SETEMBRO, JORNADA INTERNACIONAL DE SOLIDARIEDADE

banners-site-1-ano

Elas não desistem: apelo para jornada internacional de solidariedade com a luta das trabalhadoras da limpeza na Grécia | Associação de Combate à Precariedade – Precários Inflexíveis

weare595-630x188

Há exatamente um ano, 595 trabalhadoras de limpeza do Ministério das Finanças da Grécia foram despedidas e desde então tornaram-se protagonistas de uma intensa e exemplar mobilização contra esta decisão e as políticas de austeridade que se vivem no país. Este é o seu apelo (traduzimos o essencial) para uma jornada internacional de solidariedade marcada para o dia 20 de Setembro:

afisa-katharistries-teliko

Nós, as 595 profissionais de limpeza do Ministério da Economia, a quem foi tirado o trabalho a 17 de Setembro de 2013, para o entregar a empresas privadas de subcontratação, temos estado em luta nos últimos 11 meses contra as políticas de austeridade e contra aqueles que as estão a impor, ou seja, o Governo de Samaras e a Troika. Estamos todos os dias na rua a exigir os nossos postos de trabalho e os nossos direitos, resistindo à intimidação da polícia e à propaganda do Governo. Embora o sistema judicial nos tenha dado razão, o Governo recusa-se a implementar a decisão dos tribunais.

Apelamos a todas as associações, movimentos sociais, sindicatos, organizações de mulheres, partidos políticos e cidadãos e cidadãs do mundo, a todas as pessoas que não toleram a injustiça e estão do lado das vítimas, para que expressem solidariedade com a nossa luta pela sobrevivência e dignidade, que também é a vossa luta.

Apelamos a que unam forças e a que se organize em conjunto um dia internacional de solidariedade.

Estas mulheres, de idades entre os 45 e os 57 anos, com salários baixos entre os 300 e 600 euros, muitas com mais de 20 anos de serviço, foram despedidas em Setembro de 2013 para favorecer o outsourcing das empresas privadas de limpeza. Esta decisão foi contrariada pelo tribunal, mas o Governo não cede e insiste no logro (afinal, o Ministério gasta mais com o outsourcing). Mas o motivo da decisão não é financeiro, é político: a mensagem é de que o Estado serve para favorecer os privados e os negócios, abandonando qualquer função pública e social, e de que a precariedade laboral é inevitável e os direitos, tal como as pessoas, são descartáveis.

Elas recusaram-se a cruzar os braços: durante 11 meses desenvolveram várias ações de protesto e mobilização, incluindo a ocupação diária da entrada do edifício do Ministério, aí dormindo, fazendo as suas refeições, recolhendo assinaturas, promovendo debates, falando com as pessoas que passam. Com a sua luta geraram-se solidariedades várias, com outros e outras trabalhadoras, pensionistas, estudantes, movimentos, grupos ou somente indivíduos, expressando-se das mais variadas formas. Por exemplo, todos os dias há sempre alguém, organizado ou não, que leva comida ou cozinha no local refeições para as mulheres em luta. Outros cedem equipamentos de som, ajudam com panfletos, na organização de eventos musicais, participando nas manifestações, etc. A resposta do Governo tem sido a violência policial para tentar parar a luta e o seu contágio a outras situações de abuso.

A luta destas mulheres é um sinal de perseverança e dignidade, sendo um símbolo de resistência e de não resignação perante a ditadura da dívida e as políticas de austeridade. São uma fonte de inspiração para outras tantas lutas, lá ou também aqui em Portugal. Elas dizem que a “a solidariedade é a arma do povo”. Estamos com elas no dia 20 de Setembro e em todos os dias da sua luta, exigindo justiça e respeito por quem trabalha.

A Associação de Combate à Precariedade – Precários Inflexíveis solidariza-se com a luta destas trabalhadoras e divulga aqui as suas justas razões e o seu apelo.

Mais informações em português aqui.

________

Ver original em:

http://www.precarios.net/?p=11109

Leave a Reply

%d bloggers like this: