VERDE QUE TE QUERO VERDE (TRECHO DE ROMANCE SONÂMBULO), de FEDERICO GARCÍA LORCA

Imagem1

(1898 - 1936)
(1898 – 1936)

Verde que te quero verde

 

Verde que te quero verde.
Verde vento. Verdes ramas.
O barco vai sobre o mar
e o cavalo na montanha.
Com a sombra pela cintura
ela sonha na varanda,
verde carne, tranças verdes,
com olhos de fria prata.
Verde que te quero verde.
Por sob a lua gitana,
as coisas estão mirando-a
e ela não pode mirá-las.

 

(Trecho de Romance Sonâmbulo)
Federico Garcia Lorca

 

1 Comment

Leave a Reply