PATRICK MODIANO, PRÉMIO NOBEL DA LITERATURA DE 2014

Imagem1A Academia Sueca atribuiu hoje  o Prémio Nobel da Literatura ao escritor francês Patrick Modiano,  justificando a decisão com estas palavras – Pela arte da memória com que evocou os destinos humanos mais inatingíveis e descobriu a vida do mundo da ocupação. Na realidade, os romances de Modiano são, em maioria, baseados em memórias autobiográficas ou em episódios ocorridos durante a ocupação alemã. Patrick Modiano publicou o seu primeiro romance, La Place de l’étoile, em 1968. Foi com Rue des boutiques Obscures que obteve, em 1978, o Prémio Goncourt. Mas já em 1972, recebera o Grande Prémio de Romance da Academia Francesa. Foi também distinguido recentemente com o Grande Prémio Nacional das Letras e com o Prémio Margerite-Duras. O seu último trabalho, Pour que tu ne te perdes pas dans le quartier, é o seu livro mais recente.Muito conhecido em França, é desconhecido do grande publico internacional. Os livros de sua autoria editados em Portugal, são: Domingos de Agosto (Dom Quixote, 1988), A Rua das Lojas Escuras (Relógio d’Água, 1988),Um Circo que Passa (Dom Quixote, 1994), ,Dora Bruder (ASA, 1998), No Café da Juventude Perdida (ASA, 2009), O Horizonte (Porto Editora, 2011).  Patrick Modiano nasceu a 30 de Julho de 1945, em Boulogne-Billancourt, num subúrbio de Paris. Uma influência decisiva na  sua evolução literária foi o escritor Raymond Queneau, seu professor de geometria no Liceu Henri-IV, em Paris.

Leave a Reply