A DEFINIÇÃO DE QUANTITATIVE EASING, por TEJVAN PETTINGER

Temaseconomia1

Selecção e tradução de Júlio Marques Mota

mapa-reino-unido

A definição de Quantitative Easing

 Tejvan PettingerQuantitative Easing Definition

 Economics.Help, 8 de Dezembro de  2012 

 

Definição  de  Quantitative Easing.  O  Banco Central aumenta a oferta  de moeda  e utiliza estes fundos   electronicamente criados  para comprar obrigações do Estado ou outros títulos

Objectivos da Quantitative Easing

  1. Aumenta  a liquidez dos  bancos. Quando os bancos comerciais vendem  obrigações ao banco central, têm um aumento nas  suas reservas de caixa. Este aumento em liquidez  deve, na teoria, incentivar os bancos comerciais a concederem crédito à economia dita real, à actividade económica.

  2. Através da compra das obrigações do Estado, o mercado das  obrigações dinamiza-se, conduzindo a uma redução nas  taxas de juro a longo prazo. Quanto mais baixas as  taxas de juro mais estas devem incentivar a actividade económica.

Como é que a Quantitative Easing funciona

  1. O Banco Central cria o dinheiro electronicamente. (Este é um efeito similar a impressão de  dinheiro, excepto  que se trata das  reservas bancárias  que não precisam de ser impressa em forma de  papel moeda.

  2. O Banco Central utiliza  estas reservas extra para comprar vários títulos. Estes incluem as obrigação do Estado e obrigações emitidas pelas empresas.

Com a compra destes títulos fazem-se duas coisas:

  1. Os bancos vendem activos (obrigações) e recebem dinheiro. Consequentemente os bancos vêem aumentarem as suas reservas de  liquidez (reservas em papel moeda). Em  teoria, o banco será então mais disposto a emprestar aos clientes. Esta concessão de  empréstimos à economia  será importante para o crescimento das despesas em bens de investimento e em bens  de consumo.

  2. A compra  de activos  reduz a sua taxa de juro. As mais  taxas de juro nestas obrigações  podem igualmente incentivar os bancos a emprestarem  um pouco mais em vez de manterem os títulos  que estão a pagar baixas taxas de juro . Níveis de concessão de empréstimos mais elevados devem  ajudar a melhorar o crescimento económico.

Então o objectivo da  quantitative easing é também:

  • O aumento dos  empréstimos bancários conduz a um investimento mais alto. Isto deve estimular o crescimento económico

  • Aumenta a inflação. A  Quantitative easing pode ser  levada a cabo quando há uma inflação central subjacente perto de 0%. Este nível de 0% e a deflação podem  conduzir a reduzir a despesa  despesa e o crescimento económico. Consequentemente, apontando para uma taxa de inflação mais alta, pode-se estar a  incentivar a despesa.

Como é que funcionou a  Quantitative Easing entre  2008-12?

  1. Depois que a Quantitative easing foi introduzida em 2009, houve uma retoma parcial. Mas, o crescimento económico era muito lento. O Reino Unido entrou numa recessão de duplo V  em 2012.

quantitative easing - I

Contudo, sem  quantitative easing, a recessão poderia ser bem pior, mais profunda.

quantitative easing - II

O desemprego no Reino Unido era mais baixo que na Eurozona onde a política  quantitative easing não foi aplicada.

quantitative easing - III

Os rendimentos dos títulos britânicos caíram durante o período de quantitative easing. Isto torna os empréstimos contraídos pelo  governo mais baratos  e em  teoria incentiva os  investimentos  mais rentáveis. Contudo, os empréstimos  concedidos pelos   bancos estavam a recuperar muito lentamente para a retoma  sugerindo que a quantitative easing era  relativamente ineficaz no impulso a dar aos  empréstimos bancários.

Quando é que se aplica uma política dita Quantitative Easing

  • A quantitative easing  é sugerida frequentemente como uma solução face à  uma armadilha da liquidez.  Uma armadilha da liquidez ocorre quando a redução das taxas de juro não impulsiona a actividade económica. Isto acontece  porque apesar das baixas taxas de juro, os bancos estão relutantes emprestar e/ou os consumidores estão relutantes em contrair empréstimos. .

  • A quantitative easing  é considerada igualmente como uma solução à deflação. Durante um período de deflação (preços em  queda) há uma redução nas despesas de consumo, provocando  frequentemente uma recessão. A quantitative easing  pode ajudar a aumentar a inflação para valores mais próximos do objectivo da inflação pretendido pelo governo, cerca de  2%.

Será a  Quantitative Easing equivalente a imprimir papel-moeda?

  • Sim, se o banco central cria novas notas  (electronicamente aumentam as reservas bancárias  então o efeito é similar a estar-se a imprimir o dinheiro. Apenas se evita  o trabalho  de  fisicamente imprimir o papel-moeda  e de  o  depositar na sua própria conta bancária.

  • Em alguns casos, os bancos centrais contraem empréstimos para títulos de dívida pública. Ou compram os títulos  com o papel moeda existente.  Isto não faz crescer a oferta de papel moeda.

A  Quantitative Easing provoca aumento na taxa inflação?

<O crescimento na oferta de moeda pode criar inflação. Contudo, numa armadilha da liquidez um acréscimo na base monetária  pode ter muito pouco impacto na inflação porque os bancos não emprestam a liquidez que detêm  como reservas bancárias

Alternativas à  Quantitative Easing

  • Helicópteros com notas – criando moeda e dando aos consumidores  directamente

Exemplos de Quantitative Easing

  • Quantitative easing foi introduzida no Japão em  2001 para tentar ultrapassar a recessão deflacionista.

  • Quantitative easing foi utilizada no Reino Unido entre  2008-2011.

  • Quantitative easing nos USA em  2009

Alguns economistas argumentam que a quantitative easing pode funcionar  no quadro da armadilha da liquidez.  Em particular, é importante mudar de  expectativas inflacionistas, mudar da  deflação para a inflação positiva.

O que acontece quando acaba a quantitative easing?

Vai chegar uma altura em que o Banco Central irá inverter a política da quantitative easing.  O   Banco Central vai vender os títulos que  acumulou  no mercado obrigacionista. Isto fará descer  os títulos e provocar a subida das  taxas de juros e reduz  o crescimento da oferta de moeda.  A política será invertida   quando a economia está suficientemente forte para funcionar  com a subida das taxas de juro e com uma redução nas reservas em dinheiro nos bancos.

________

Publicação autorizada pelo autor.

Ver o original em:

http://www.economicshelp.org/blog/1047/economics/quantitative-easing/

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: