NESTE DIA… Nasceram Poincaré, Jaime Cortesão, Duke Ellington e Zubin Mehta

 

nestedia3Em 29 de Abril de 1854 nasceu em   Nancy o matemático, cientista e filósofo francês Henri Poincaré, que morreria em   Paris a 17 de Julho de 1912. No mesmo dia de 1884, nasceria em Ançã (Cantanhede) Jaime Cortesão, médico,  escritor e historiador português, que morreria em Lisboa no dia 14 deAgosto de 1960. Em 29 de Abril de 1899, foi a vez de nascer, em Washington, Duke Ellington, músico norte-americano, pianista de jazz e líder de banda. Faleceria em Nova Iorque no dia 24 de Maio de 1974. E em 29 de Abril de 1936, na cidade de Bombaim, chegaria ao mundo, Zubin Mehta,o famoso maestro indiano que se tornou popular sobretudo por reger as orquestras que acompanhavam os «três tenores» nos seus mediáticos concertos.

Jules Henri Poincaré estudou na Escola Politécnica de Paris e doutorou-se em matemática em 1879. Em 1881 foi nomeadoImagem2 professor de física matemática na Sorbonne, cátedra que manteve até morrer. Desenvolveu o conceito de funções automórficas, aplicadas na solução de equações diferenciais lineares de segunda ordem com coeficientes algébricos. Em 1895 publicou Analysis situs, um tratado sistemático sobre topologia. Entre as suas obras traduzidas em português, destacamos A Ciência e a Hipótese, Universidade de Brasília, 1988; Ensaios Fundamentais, Contraponto e Editora PUC-Rio, 2008 e O Valor da Ciência, Contraponto, 1995. Imagem1Jaime Zuzarte Cortesão, irmão do conceituado historiador Armando Cortesão, foi um dos maiores e mais importantes intelectuais portugueses da primeira metade do século XX. Formou-se em Medicina pela Universidade de Coimbra. Com o posto de capitão-médico fez parte, como voluntário do Corpo Expedicionário Português que interveio na Primeira Grande Guerra Mundial. Fundou e colaborou nas principais revistas, tais como A Águia (1910), Renascença Portuguesa (1912) e Seara Nova (1921). Em 1927 participou numa tentativa de derrube da ditadura militar portuguesa, presidindo a Junta Revolucionária sediada no Porto. Esmagada a rebelião, foi preso e demitido de seu cargo da Biblioteca Nacional e, ao ser liberto, exilou-se em França. Em 1940, quando da invasão hitleriana foi para o Brasil, fixando-se no Rio de Janeiro. Em 1957 regressou a Portugal, tendo participado na campanha do general Humberto Delgado. Edward KennedyDuke” Ellingtonfoi um dos míticos compositores de jazz. Foi também o primeiro músico de jazz a entrar para a Academia Real de Música de Estocolmo, sendo-lhe outorgado o doutoramento honoris causa por algumas das mais importantes universidades do mundo. Ouçamo-lo em   “Take the A Train”, uma composição de 1939 que podemos ver numa cena do filme Reveille with Beverly (1943).

Zubin Mehta, maestro mundialmente famoso por interpretações de peças neo-românticas de compositores como Anton Bruckner, Richard Strauss e Gustav Mahler. nasceu numa família aristocrática parsi de Bombaim (actual Mumbai). Pensava estudar Medicina, mas aos 18 anos matriculou-se no Conservatório de Viena. E foi na capital austríaca que, em 1958, se estreou como maestro. Depois de reger a Orquestra Filarmónica de Liverpool, foi entre 1961 e 1967 o maestro da Sinfónica de Montreal. Dirigiu depois, até 1978 a Filarmónica de Los Angeles e, deste ano até 1991 a de Nova Iorque. Desde 1969,  conselheiro musical da Orquestra Filarmónica do Estado de Israel, assumiu depois a sua direcção. Desde 1998, é o  director artístico da Ópera de Munique. Em 1990, regeu a Orchestra del Maggio Musicale Fiorentino e a Orchestra del Teatro dell’Opera di Roma no primeiro concerto dos Três Tenores – Placido Domingo, Josep Carreras e Luciano Pavarotti – em Roma, apresentando-se com eles novamente em 1994 no Dodger Stadium de Los Angeles. O seu prestígio mundial firmado entre a comunidade musical, saltou, mercê da difusão televisiva destes concertos, para o âmbito vasto de uma popularidade mundial.

 

Leave a Reply