EDITORIAL – A GRÉCIA CONTRA OS AGIOTAS

logo editorial

Hoje voltaram ao trabalho as empregadas de limpeza do ministério das finanças gregas, despedidas em Setembro de 2013 pelo governo de Antonio Samaras (ver primeiro e terceiro links abaixo). Esta readmissão, tal como a reabertura da televisão pública grega, constituía uma promessa da candidatura do Syriza e é uma marca importante em todo o processo que se está desenrolando. E mostra que apesar da enorme pressão sobre o governo de Alexis Tsipras, este não se rendeu, ao contrário de muitas afirmações em contrário.

Claro que a situação é muito difícil. A pressão do Eurogrupo é fortíssima, no sentido de sujeitar o governo grego. O objectivo é claro: ou te rendes ou te demites. A unanimidade que parece haver entre os vinte e tal governos contra a Grécia é flagrante, para além de chocante. Mas a razão por detrás é clara. Quem anda há anos a pôr em prática políticas de austeridade contra os seus próprios povos sabe muito bem que pode ficar muito mal colocado se forem demonstrados perante toda a gente os erros e abusos que se andaram a cometer. É este receio o cimento entre os governantes dos vários países, de Schäuble, a Maria Luís Albuquerque. E tem muita razão quem diz que o verdadeiro objectivo destas negociações é fazer cair o governo de Tsipras. A chantagem financeira que está a ser feita é clara, e o objectivo é evidentemente colocar um governo submisso em Atenas.

Stathis Kouvelakis, leitor (reader) no King’s College de Londres, no seu artigo It’s Time, The fear of Greek exit from the euro should no longer cripple us,  publicado em Jacobin, que podem ler acedendo ao quarto link abaixo, frisa que não estamos perante uma crise económica, mas sim política. Levanta a dúvida de talvez no governo de Tsipras se ter subestimado esta questão. Mas frisa que em qualquer circunstância à Grécia, para poder escapar ao garrote da austeridade que a está matar, só resta o Grexit, a saída do euro, e na prática da União Europeia, acrescentamos nós.

Propomos as leituras seguintes:

http://aviagemdosargonautas.net/2014/09/19/associacao-de-combate-a-precariedade-precarios-inflexiveis-elas-nao-desistem-apelo-para-jornada-internacional-de-solidariedade-com-a-luta-das-trabalhadoras-da-limpeza-na-grecia-amanha-20-de-se/

http://www.lemonde.fr/economie/article/2015/05/11/athenes-face-a-ses-creanciers-l-amorce-d-un-compromis-ou-la-crise_4630950_3234.html

http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=4560849&seccao=Dinheiro%20Vivo

https://www.jacobinmag.com/2015/05/kouvelakis-syriza-ecb-grexit/

E também:

http://aviagemdosargonautas.net/2015/04/27/syriza-deve-ficar-a-esquerda-da-linha-o-que-esta-em-jogo-e-bem-mais-do-que-a-propria-grecia-por-bill-mitchell-i/

e partes II, III e IV.

Leave a Reply