HOJE, 4 de ABRIL, às 18.30, SESSÃO DO CICLO HABITA2015, “SÓ A ACÇÃO É TRANSFORMADORA”, dinamizada por JOSÉ HIPÓLITO SANTOS – no MOB-ESPAÇO ASSOCIATIVO, R. dos ANJOS, 12F, INTENDENTE, em LISBOA.

22791_923080194400845_857549330736980257_n

A próxima sessão do Ciclo Habita2015, dinamizada por José Hipólito Santos (ativista do cooperativismo), incide sobre as questões organizativas e estratégicas no campo das lutas urbanas, mais concretamente no domínio do direito à habitação. Num momento em que este é cada vez mais posto em causa, devido à degradação das condições de vida das pessoas, por um lado, e aos efeitos cumulativos de um conjunto de opções políticas erradas, por outro, é importante refletir sobre as possibilidades de mobilização e ação coletiva. Afinal de contas, só a ação é transformadora.

Convidamos-te, assim, a estar presente no próximo dia 4 de Junho, às 18:30h, no Mob – Espaço Associativo (Rua dos Anjos 12F, Intendente, Lisboa).

Aparece, participa e divulga!

hipólito

Ciclo de debates Habita

A próxima sessão do Ciclo Habita2015, dinamizada por José Hipólito Santos (ativista do cooperativismo), incide sobre as questões organizativas e estratégicas no campo das lutas urbanas, mais concretamente no domínio do direito à habitação. Num momento em que este é cada vez mais posto em causa, devido à degradação das condições de vida das pessoas, por um lado, e aos efeitos cumulativos de um conjunto de opções políticas erradas, por outro, é importante refletir sobre as possibilidades de mobilização e ação coletiva. Afinal de contas, só a ação é transformadora.

Nos quarenta anos do 25 de Abril a Letra Livre editou o livro de José Hipólito Santos:
«Sem Mestres Nem Chefes o Povo Tomou a Rua. Lutas dos Moradores no Pós-25 de Abril»
«Ainda em Abril de 1974, moradores de um bairro camarário no Porto designaram uma comissão para acabar com o regulamento municipal, denunciando-o como meio de intromissão abusiva na vida dos moradores, que atenta contra os princípios de dignidade e de liberdade. E, bem conscientes de que não bastava exigir, incitaram outros bairros a fazer o mesmo. Nos dias seguintes, realizaram-se reuniões em todos os bairros e rapidamente se constituíram comissões de moradores, as primeiras de um movimento imparável e que se tornou nacional.»

PROMETE! Ver mais

ver mais em:

https://pt-pt.facebook.com/events/1649227501973179/

Leave a Reply