UNESCO LANÇA COLIGAÇÃO MUNDIAL PARA A PROTEÇÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL por clara castilho

Recebemos a informação do Centro Regional das Nações Unidas, referente a uma nova iniciativa da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A sua diretora-geral, Irina Bukova, lançou um apelo à comunidade internacional para ajudar a combater a ameaça crescente de extremismo violento e as suas ações de destruição cultural, nas suas declarações durante a abertura da 39.ª sessão do Comité do Património Mundial, este domingo, em Bona, na Alemanha, e que terminará a 8 de Julho.

SupportHeritage

“A herança cultural e está sob ataque hoje em dia na Síria, no Iraque, na Líbia e no Iémen, locais onde vemos a brutal destruição deliberada do património a uma escala sem precedentes. Faço um apelo à ação”, afirmou Irina Bokova.

“A nossa resposta penal contra a ignorância e a estupidez também deve ter uma dimensão cultural: através do conhecimento, da partilha das lições e sabedoria milenares do Islão, bem como da partilha da mensagem de Palmira (cidade também conhecida como “Veneza das Areias”). Palmira  como uma ponte entre as heranças das antigas Grécia e Roma, do Império Persa e da cultura árabe desde os tempos antigos até o presente”, acrescentou.

Face aos ataques sem precendentes contra a herança cultural nestas regiões, a UNESCO lança, esta segunda-feira, a Coligação Mundial para a Protecção do Património Cultural, com a campanha #Unite4herança.

O foco da campanha é dirigido principalmente (mas não exclusivamente) aos países árabes, onde se verifica a destruição intencional de marcos culturais insubstituíveis, a perseguição sistemática da população com base nas suas identidades étnicas e religiosas; a pilhagem dos bens culturais para financiar grupos extremistas e chocantes violações dos direitos humanos, incluindo os direitos culturais.

Leave a Reply