EDITORIAL – VAMOS TER MANIFESTAÇÕES À PORTA DE RICARDO SALGADO?

Ricardo Salgado foi constituído arguido por suspeita de burlalogo editorial qualificada, falsificação de documentos, falsificação informática, fraude fiscal, branqueamento e corrupção no sector privado. Se pensarmos nas medidas impostas pelo mesmo juiz a José Sócrates, vemos a diferença na aplicação das medidas, decisão do mesmo juiz, Carlos Alexandre.

Quem sofreu as consequências das falcatruas do primeiro, uns por terem alinhado e ter corrido mal, ficam calados e não se manifestam publicamente. Outros, os pequenos accionistas fazem-no sem grandes resultados.

As manifestações relacionadas com José Sócrates são de apoio. Se de facto encheu os próprios bolsos foi de uma outra forma, terá prejudicado todo um país, cada um de nós não poderá dizer concretamente “perdi X” e podem contrapor-se medidas governativas que se considerarão boas ou más, de acordo com a análise.

O primeiro ficou  proibido de sair de casa sem autorização do juiz e de contactar com os restantes arguidos do processo. Apesar de se entender que há perigo de fuga e de destruição de provas e de perturbação do inquérito. Não está, porém, sujeito a pulseira eletrónica. Quatro agentes da PSP, vigiam diariamente a porta de sua casa. José Sócrates mantem-se na prisão por escolha própria.

Não, não vamos ter manifestações de apoio a Ricardo Salgado.

 

 

Leave a Reply