A COLUNA DE OCTOPUS – OS TRÊS TERRORISTAS IDIOTAS DOS ATENTADOS DE PARIS

octopus1

Terroristas idiotas

Perante o fluxo de informação e de imagens chocantes dos atentados de Paris, muita gente não reparou num pormenor insólito:

Três dos terroristas dos atentados de Paris explodiram-se para nada (“apenas” um morto) perto do Stade de France.

 

Com a presença de 80 000 espectadores, poderiam-se ter misturado com a multidão durante a entrada para o estádio, onde teriam provocado numerosos mortos.

Em vez disso, afastarem-se e explodiram-se sem ninguém à volta.

O objectivo era provocar o maior número de mortos, como qualquer bombista suicida, ora estes três terrorista incompreensivelmente o que fizeram não passou de um suicídio. Esta atitude não faz qualquer sentido.

Ao misturarem-se no meio da multidão durante a entrada para o início do jogo, uma hora antes, teriam atingido não só o objectivo de matar muita gente, como também esse acontecimento teria tido um enorme impacto mediática.

Poderiam também terem esperado o fim do jogo, dado que nesse momento todas as forças policiais estavam concentradas a alguns quilómetros do Stade de France, os restaurantes e o Bataclan, que já teria acontecido.

Não fizeram nem uma coisa nem outra. Devemos acreditar portanto que estes terroristas eram pouco experientes, o que não parece provável. Também poderiam ter os seus relógios atrasados!

Outra hipótese é que não saberiam muito bem qual era a missão a que estavam destinados e que poderão ter sido detonados à distância pelos comanditários desta sequência de atentados por mudança de planos.

Nota: Quanto à identificação dos terroristas essa é muito rápida, dois ou três dias apenas, apesar de desfeitos pela cintura de explosivos, foram todos identificados. Em contrapartida, ainda existem uns vinte mortos por identificar, apesar vítimas de tiros e não desfeitos…

Leave a Reply