APOIO DA FUNDAÇÃO GULBENKIAN À UNIVERSIDADE DE CABO VERDE: II CONTRATO PROGRAMA

caboverde21

A Fundação Calouste Gulbenkian é parceira da Universidade de Cabo Verde desde o seu nascimento, em 2006. As instituições assinaram nessa data o primeiro Contrato Programa que visou o apoio a missões de assistência técnica ligadas ao modelo de Bolonha, o lançamento do mestrado em Ensino do Português como língua segunda, do mestrado em Tecnologias da Informação e Comunicação, do mestrado em Energias Renováveis, quatro edições do programa de Pós-graduação e mestrado em Ciência e Sistemas de Informação Geográfica e duas edições de mestrado em Didática das Línguas, na metodologia de blended learning. A cooperação com a Fundação permitiu ainda o apetrechamento da biblioteca, bolsas de estudo e o apoio a projectos de investigação e deslocações de professores para a participação em conferências.

UniversidadeCaboVerde_noticia

O II Contrato Programa tem três grandes objectivos:

  1.       o lançamento do doutoramento em Gestão e Políticas Ambientais, área considerada prioritária e que permitirá aumentar o nível de formação de quadros do corpo docente, bem como a formação e aquisição de competências por parte de técnicos dos ministérios e de instituições ligadas ao Estado e ao sector ambiental. Segundo a Reitora da UniCV, Prof.ª Judite de Nascimento, neste nível de ensino a formação doutoral tem um «efeito multiplicador» que vai gerar «enorme impacto».

  2.       cursos de especialização em Engenharia Civil, outra das «prioridades nacionais do governo cabo-verdiano».

  3.       o Sistema de Gestão Global Integrado – Gestão da qualidade e modelo de avaliação. Trata-se de outros dos objectivos para os próximos dois anos. A Reitora espera que esteja montado todo o sistema de gestão integrada, o que vai permitir a automatização de processos e procedimentos internos, de modo transversal a toda a academia.

De acordo com a Reitora, só actualmente é possível medir o impacto dos primeiros financiamentos feitos não só pela Fundação Calouste Gulbenkian, como pelo governo português e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. «Não conseguimos medir mas sabemos que um dos grandes mecenas de bolsas de mestrado e doutoramento foi a Fundação Calouste Gulbenkian.» (informação de africa21online).

Leave a Reply