IMAGEM E POESIA – Por José Magalhães (43)

imagenspoesia1

A VIDA CHEGA-ME

SONY DSC

A vida chega-me, pungente
Em ondas
Tal e qual o mar
Tal e qual o vento
Como no momento presente
Que depois hei-de lembrar.

Chega-me simples, complexa
Dormente
No dia de hoje, ao sol poente
Com o desejo súbito do amanhã
Um mau pensamento eu extingo
Ou qualquer palavra desconexa
Ou pensamento indecente.

Porque hoje é Sábado
E amanhã será Domingo
Muito provavelmente.

2 Comments

  1. Poema singelo em que o sujeito poético circula numa aparente aceitação do correr da vida . ” A vida chega-me, pungente Em ondas Tal e qual o mar Tal e qual o vento-Maria

Leave a Reply