OBSERVATÓRIO DA IMPRENSA – PARA NÃO ACABAR DE VEZ COM OS JORNAIS (E A DEMOCRACIA)

logo Observatório Imprensa

 

Para não acabar de vez com os jornais (e a democracia) | Observatório da Imprensa – Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito

IMPRENSA EM QUESTãO > MÍDIA & CRISE / PORTUGAL

Para não acabar de vez com os jornais (e a democracia)

Por Alexandra Lucas Coelho em 29/12/2015 na edição 883

Reproduzido do jornal Público, 27/12/2015

 

A revista do Público, onde esta coluna sai aos domingos, acaba hoje. A administração antecipa um prejuízo na ordem de três milhões de euros em 2015, segundo notícias na imprensa. O número será confirmado após o fecho de contas e não consta do comunicado aos trabalhadores, a 10 de Dezembro, anunciando “redução de custos”. Com variações, a revista existe desde a fundação do jornal, há 25 anos (a partir da semana que vem, reportagens, entrevistas e perfis mais extensos serão integrados no jornal de domingo, bem como esta coluna).

Além da extinção da revista, a administração comunicou aos trabalhadores um “plano de rescisões voluntárias” em condições “mais favoráveis do que as previstas na lei”. Os “interessados podem manifestar-se” até 6 de Janeiro, a administração “avaliará”, reservando-se o direito de “declinar” algumas, e quer concluir o processo no dia 15. O comunicado, divulgado pela Agência Lusa, não indica quanto se pretende poupar, mas diz que pode haver “a necessidade de recorrer a outras medidas” caso “a execução do plano” proposto “não atinja dimensão adequada às necessidades”. Ou seja, não exclui um despedimento colectivo, concluem notícias na imprensa.

Continuar a ler em:

http://observatoriodaimprensa.com.br/imprensa-em-questao/para-nao-acabar-de-vez-com-os-jornais-e-a-democracia/

Leave a Reply