NA SOCIEDADE PORTUGUESA DE AUTORES, DIA 25 DE JANEIRO, ÀS 18H30, HOMENAGEM A MARIA DE LOURDES PINTASILGO

Sessão evocativa da vida e pensamento de Maria de Lourdes Pintasilgo, promovido pela Associação Abril, dia 25 de Janeiro, às 18h30, na Sociedade Portuguesa de Autores.

Ciclo de debates

“Cuidar o Futuro”
Pensamento político-social de Maria de Lourdes Pintasilgo

Nesta sessão será exibido o documentário “Maria de Lourdes Pintasilgo”, de Graça Castanheira, e feita a apresentação do livro “Mulheres, Liderança Política e Media”, de Carla Martins, com a presença da realizadora e da autora.

Screen-Shot-2015-10-04-at-03.43.09

No livro “Mulheres, Liderança Política e Media, enquadra-se a evolução da participação feminina nos órgãos de política formal após a Revolução democrática de 1974 e explora-se a articulação entre política e media numa perspectiva de género. Apesar da consagração constitucional do princípio da igualdade, em pouco mais de quatro décadas, as mulheres raramente ascenderam às posições mais elevadas da hierarquia de poder. Apresentam-se dois casos em que, rompendo com este cenário geral de invisibilidade feminina, duas mulheres alcançaram posições inéditas de liderança política, adquirindo elevado perfil mediático: Maria de Lourdes Pintasilgo, quando indigitada primeira-ministra do V Governo Constitucional, em 1979, e Manuela Ferreira Leite, primeira ministra das Finanças (2002), primeira presidente do PSD (2008) e candidata por este partido às eleições legislativas de 2009.

“Maria de Lourdes Pintasilgo”, de Graça Castanheira é um documentário sobre a vida, as convicções e a carreira da primeira e única mulher que ocupou o cargo de Primeiro-Ministro de Portugal, no mês em que celebraria 80 anos. Maria de Lourdes Pintasilgo acreditava que “as mulheres podem constituir uma força de radical transformação da irracionalidade institucionalizada em que vivemos. A multifuncionalidade da sua existência, a diversidade dos planos em que se move, o seu quotidiano dá-lhes uma especial capacidade para, no seio da complexidade, encontrarem um novo entendimento e uma nova eficácia para a governabilidade”. Pode ser visto em: http://www.rtp.pt/play/p1203/maria-de-lurdes-pintasilgo

 

Leave a Reply