No Centro Cultural de Belém dias 26 e 27 de Fevereiro 2016 às 21:00 Victor Hugo Pontes

No CCB – Grande Auditório dias 26 e 27 de Fevereiro às 21:00

Victor Hugo Pontes

Se alguma vez precisares da minha vida, vem e toma-a

dança

A Gaivota, de Anton Tchékhov, é o ponto de partida para a nova criação de dança de Victor Hugo Pontes. Não se trata de transpor o enredo para o movimento, nem sequer de posicionar as personagens numa linguagem artística distinta do teatro. A dança clássica serve-se de um libreto e este espetáculo de dança serve-se de uma peça.
A estrutura dramatúrgica sustenta o movimento, mas a narrativa perderá linearidade, de modo que o espectador veja aqui aquilo que quer ver num Tchékhov dançado. Um texto como ponto de partida é o desafio a que o coreógrafo se propõe. O texto de A Gaivota é, também ele, uma espécie de sucessivas tentativas de criação e de existência. De resto, a reflexão sobre o ato criativo é um dos pontos mais fortes desta peça de Tchékhov, e um dos que mais interessa a Victor Hugo Pontes.
Direção e Coreografia | Victor Hugo Pontes
Cenografia | F. Ribeiro
Desenho de luz e direção técnica | Wilma Moutinho
Música original | Rui Lima e Sérgio Martins
Apoio dramatúrgico | Madalena Alfaia
Assistente de coreografia | Marco da Silva Ferreira
Bailarino Estagiário | Afonso Cunha
Interpretação | Allan Falieri, Ángela Diaz Quintela, Daniela Cruz, Leonor Keil, Marco da Silva Ferreira, Felix Lozano, Jorge Mota, Valter Fernandes e Vera Santos e Vitor Hugo Pontes
Direção de produção | Joana Ventura
Apoio Residência Artística | Novo Ciclo Acert e O Espaço do Tempo

A Nome Próprio é uma estrutura financiada pelo Governo de Portugal / Secretário de Estado da Cultura / DGARTES | Estrutura residente no Teatro Municipal Campo Alegre, no âmbito do programa Teatro em Campo Aberto

Coprodução

| Nome Próprio | Centro Cultural de Belém |  Centro Cultural Vila Flor | Teatro Nacional São João | Teatro Viriato

Apoio Residência Artística | Novo Ciclo ACERT e O Espaço do Tempo
Apoio | Clube português de Cinematografia – Cineclube do Porto

M/6

1.ª Plateia 15€
2.ª Plateia 12,50€
Mobilidade Condicionada 10€

Descontos

25% para menores de 25 anos e maiores de 65 (só é valido para os bilhetes da 2.ª plateia e balcões)
20% para grupos de 10 a 50 pessoas
5% para titulares do cartão FNAC (válido no Grande Auditório e Pequeno Auditório, para bilhetes adquiridos nos postos de atendimento)
5€ para profissionais ou estudantes da área do espetáculo (este desconto só se aplica a espetáculos de produção CCB adquiridos na Bilheteira CCB, e tem um número limitado de bilhetes| Grande Auditório 2º balcão e Pequeno Auditório nas laterias)
Desconto Cartão Amigo CCB

Assinatura CCB – Cidade Aberta
4 a 6 espetáculos
20% desconto para público em geral
30% desconto para Cartão Amigo CCB

6 a 8 espetáculos
30% desconto para público em geral
35% desconto para Cartão Amigo CCB

9 ou + espetáculos
40% desconto para público em geral
45% desconto para Cartão Amigo CCB

Descontos válidos para espetáculos com produção e coprodução CCB, para bilhetes superiores a 10€. Não é cumulativa com outros descontos.
A assinatura CCB – Cidade Aberta é transversal à programação CCB, válida para as seguintes categorias: Orquestras, Ópera e música coral, Música Antiga e Barroca, Piano e Música de Câmara, Teatro, Dança e Jazz. Se é portador de Cartão Amigo CCB ainda tem direito a estacionamento gratuito no dia do espetáculo e desconto nos bares e restaurantes do CCB.

Leave a Reply