A VALSA DOS PECADOS, DIA 23 DE MAIO, ÀS 18:30 NO PADRÃO DOS DESCOBIMENTOS

A Valsa dos Pecados é o novo romance de Carlos Porfírio, que será apresentado pela escritora Lídia Jorge e pelo realizador António Pedro Vasconcelos, dia 23 de Maio, terça-feira, às 18:30 horas, no Padrão dos Descobrimentos.

Na opinião de Lídia Jorge: «Para quem julga que os meandros da Guerra Colonial já não contam como elemento do imaginário português, mais uma vez ter-se-á enganado.

Em A Valsa dos Pecados, Carlos Porfírio recua com pormenor realista até matos e picadas, para depois descer ao lugar secreto da realização humana comum a todos os palcos. Assim, a história do homem que iniciou a vida como soldado da guerra e se prepara para morrer enquanto soldado da finança, resulta numa espécie de biografia consentida. Um romance de proximidade que se lê como se fosse uma narrativa de família.»

Na opinião de António Pedro Vasconcelos «Carlos Porfírio tem uma escrita cinematográfica, enxuta, mas rica, que nos deixa ver o que descreve, e uma imaginação romanesca atenta aos comportamentos mais insuspeitos dos personagens, onde ninguém é totalmente virtuoso nem totalmente ruim, mas simples seres humanos com as suas contradições, capazes a cada momento de nos surpreender – e de se surpreender.»

SinopseO desaparecimento misterioso do pai e a polémica que se gerou à volta deste e de outro acontecimento mudam os alicerces do narrador da história. Os anos que se seguem são marcados pela guerra, por um amor apaixonado mas ameaçado de barreiras, pela forma como se escraviza na teia dos seus sentimentos, pela embriaguez do enriquecimento, por uma relação adúltera que o milionário esconde da lei dos homens e dos juízos morais. Juízos morais que nos levam a uma interrogação de fundo: de onde vem a cultura, como se generaliza?

Através de uma história intensa e a espaços divertida, A Valsa dos Pecados de Carlos Porfírio questiona ideias feitas, e até onde a ambição nos pode levar. Um romance corajoso e desconcertante que ficará certamente na memória dos seus leitores.

Carlos Porfírio nasceu em Lisboa mas viveu parte da sua vida em Moçambique e em Angola. Economista de formação, foi professor e gestor em multinacionais, e é sócio-gerente de uma empresa digital.

Consagra o seu tempo livre às artes pois, para além da literatura, interessa-se por dança e pintura. Pode dizer-se que tem sempre mais ideias do que tempo para as escrever.

Publicou Marcas de Amor em 2005, e Caídos da Mesma Árvore quatro anos depois.

A Valsa dos Pecados, o seu terceiro romance, é uma ambiciosa e emocionante reflexão sobres os caminhos e descaminhos do mundo em que vivemos.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: