CASA DA ACHADA – CENTRO MÁRIO DIONÍSIO – CICLO «UM HOMEM NA REVOLUÇÃO – MÁRIO DIONÍSIO E O 25 DE ABRIL» – JUNHO de 2017

 

No dia 23 de Abril de 1974, Mário Dionísio só escreveu três pequenas frases no seu diário: «E talvez também nem isto valha a pena. Tudo caminha alegremente para o fim. Acabou-se.» Só voltaria a escrever dois dias depois: «E, de repente, o impensável! […] É mesmo a revolução! […] É o fim do imenso pesadelo, é o começo de tudo!» E uma semana depois: «No Liceu Camões realizamos a primeira reunião de apoio ao Movimento. Vamos entregar à Junta de Salvação Nacional o nosso documento. Começamos a organizar-nos. Não paro mais.»

Terá sido ingenuidade aceitar cargos como de presidente da comissão que transformaria os programas escolares para o ano lectivo de 1974/75 ou de director de programas da RTP em 1976, acreditando que alguma coisa de fundo se transformaria? Muitas lutas e reuniões, cargos e demissões depois, escreveria, reagindo ao sucesso eleitoral da AD em 1979: «Toda a noite agarrados à TV, assistindo à rápida derrocada do 25 de Abril.»

Em Abril e Maio na Casa da Achada propomos olhar para o pós-25 de Abril, do sonho à vitória da normalização, a partir do percurso de um homem que, do entusiasmo à desilusão, o viveu por dentro e por fora. A partir de 23 de Maio e até ao fim de Junho, a Casa da Achada estará em obras mas o ciclo continua noutros locais.

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: