EDITORIAL: ÀS TALHADAS! EM LEILÃO! – por João Machado

 

Lemos hoje no Público uma notícia sobre a compra por um cidadão holandês de dois prédios mistos, no Algarve, na zona de Tavira, junto à ria Formosa (clicar no primeiro link abaixo), que ali terá querido edificar a sua residência. Nesses prédios estão as ruínas da cidade romana de Balsa,  cujo apogeu decorreu  nos séculos I a IV depois de Cristo, e na altura foi um dos principais centros urbanos existentes no território que hoje é Portugal. O novo proprietário terá querido edificar ali uma casa para dela fazer a sua residência. A enorme importância histórica das ruínas terá sido deixada em segundo plano pelas autoridades e pelo novo proprietário, e o assunto teria ficado esquecido se não fosse a intervenção de indivíduos e associações que defendem o património nacional.

Há alguns dias soubemos que o Convento de Cristo de Tomar foi danificado por acções realizadas durante a rodagem de um filme. Terão sido partidas pedras centenárias, arrancadas árvores e ateada uma fogueira de grandes dimensões num claustro.

Transcrevemos a seguir uma passagem de A Ilustre Casa de Ramires (pág. 43, da edição da Livraria Chardron, Lello & Irmãos editores, 1927), narrando uma conversa à ceia entre Gonçalo Mendes Ramires, o amigo Titó e João Gouveia, o administrador do concelho:

“…

 Portugueses indecentes a vender Portugal! Até o Sr. Administrador do Concelho devia proibir estas conversas…

Mas o Sr. Administrador do Concelho afirmou que as consentia e rasgadamente … Por que também ele, como governo, venderia Lourenço Marques, e Moçambique, e toda a Costa Oriental! E às talhadas! Em leilão! Ali, toda a África , posta em praça, apregoada no Terreiro do Paço!

…”

Desculpem termos actualizado a ortografia. A questão que pomos é: será que hoje em dia encaramos os nossos valores culturais e históricos da mesma maneira como os personagens retratados por Eça de Queirós no fim do século XIX encaravam as colónias?

Propomos que cliquem nos links abaixo:

 

https://www.publico.pt/2017/06/13/local/noticia/balsa-uma-cidade-romana-reduzida-a-cacos-a-beira-da-ria-formosa-1775141

http://www.sabado.pt/gps/palco-plateia/cinema/detalhe/rodagem-de-filme-destroi-partes-do-convento-de-tomar

https://pt.wikipedia.org/wiki/A_Ilustre_Casa_de_Ramires

https://pt.wikipedia.org/wiki/Balsa_(Lusit%C3%A2nia)

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

One comment

  1. Maria de Lurdes Alexandre Ferreira

    Triste! Mas os portugueses sofrem de imaturidade social, afetiva….de sentido da sua identidade e da realidade . A opressão da tiradura estruturou-nos assim.
    Somos locos por lamber os pés aos estrangeiros, por dar-mos ares de ricos e sem afetos-para serre forte!!!1

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: