Música ao Romper da Aurora – Muxima

“Muxima” é uma canção tradicional angolana, que exprime o pedido de alguém que, sendo acusado de feitiçaria, pede que o levem ao santuário da Muxima para provar que está inocente. Segundo a crença popular, os feiticeiros morrem ao entrar no santuário. “Liceu” Vieira Dias, o líder do grupo musical angolano mais marcante nos anos 50 e 60, do século passado, chamado “Ngola Ritmos”, fez um arranjo desta canção, a qual se tornou o maior de todos os êxitos deste grupo. O Conjunto N’gola Ritmos foi fundado em 1947, e é um dos grupos angolanos mais importantes do Século XX. Desde então inúmeros artistas têm vindo a interpretar esta canção popular, que se tornou quase um hino.  Don Kikas, cantor e multi-instrumentista angolano e Tito Paris, músico, compositor e cantor cabo-verdiano interpretam em dueto “Muxima”, uma das faixas do álbum de Don Kikas “Viagem”, gravado em 2006.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: