SE TUDO ISTO FOSSE VERDADE por Luísa Lobão Moniz

E aí vem a Ophelia cheia de vaidade.

 Aí vem a Ophelia que quer varrer tudo de uma vez só…  está a aumentar de velocidade e o  mar, não querendo ficar atrás, começa a agitar-se… e as trovoadas afinam a garganta para os seus assustadores cânticos..

Alerta Graciosa!

Alerta Açores!

Todas as ilhas estão de aviso amarelo e laranja “pelo que pode vir aí”.

 A palavra “furacão” tem origem entre os maias. De acordo com a mitologia maia, Huracan era o deus responsável pelas tempestades.

Este furacão tem como nome Ophelia.

Os furacões, habitualmente, têm o nome do ciclone que lhes deu origem e eram quase sempre nomes de santos. No entanto, a partir de um certa altura, os furacões começaram a ter um nome feminino. Só em 1975 é que nomes masculinos começaram a entrar na lista dos nomes atribuíveis aos furacões.

As tempestades naturais nunca ninguém as venceu.

As tempestades sociais, políticas, partidárias vão deixando aparecer uma certa maneira de estar, de poder.

A Operação Marquês fez despoletar uma série de investigações que revelaram uma rede de gente corrupta. Muitas vezes o povo diz que os políticos são “todos uns ladrões”, o povo lá sabe…

Dizem que andaram a circular por vários bancos, off-shores, empresas 32 milhões de euros. Dizem, mas ainda não provaram nada.

Como foi possível este circular de dinheiro sem que ninguém desse por isso. Onde estava a fiscalização da entrega do IRS destes personagens.

Toda a gente é inocente até prova em contrário.

Este furacão tem nome masculino, a pessoa deste nome foi amada e odiada.

Para mim foi um balde de água gelada.

32 milhões de euros davam para melhorar a vida de tantas pessoas…

Se tudo isto for verdade é preciso pensar e repensar como a sociedade se deve organizar. Não somos todos corruptos.

Apontar a dedo “aquele é corrupto”, sem provas é eticamente condenável.

As tempestades naturais deixam, para todos verem, as destruições que causaram.

O que vai ser aprendido, por todos nós, até às decisões finais?

Que não seja a apropriação de conhecimento para fazer o mesmo.

Leva tempo a aprender a viver em democracia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: