FRATERNIZAR – EXORCISMOS – Bispo D. José Cordeiro: Possesso do demónio?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

 

Falar de exorcismos neste início do terceiro milénio, como fez um destes dias à Agência Lusa o bispo de Bragança-Miranda, é coisa que não lembra ao diabo. Bem se pode então perguntar se o bispo D. José Cordeiro não está possesso do demónio. Escrevo com Humor teológico e à luz da Fé de Jesus, o filho de Maria. Não de Cristo, o filho de David, que, ao contrário de Jesus, o de antes do cristianismo, tem muitos seguidores. Só que é de Jesus que os povos do terceiro milénio mais precisam. Não de Cristo, puro mito, que historicamente adquire máscara humana em cada um dos agentes do Poder religioso, político ou económico-financeiro. É por isso que o menos humano de todos os agentes de Poder é o bispo de Roma e papa da igreja católica. O único que detém os três poderes em simultâneo. Por isso, o mais possesso da ideologia (= demónio) do Poder.

Saibam que todo o Religioso é um demónio. Inimigo dos seres humanos. ‘Deisidaimonia’, dizem, logo no início, as, os de Jesus e do seu Movimento político, acerca do Religioso e dos seus contemporâneos possessos ou possuídos por ele. O Religioso tem trazido subjugados os povos, desde o início da Humanidade. ‘Deisidaimonia’, em bom português, significa “medo dos deuses”. E, consequentemente, “culto dos deuses”. Quem vai pelo Religioso vive possesso ou possuído do demónio, uma vez que o medo dos deuses leva as pessoas nas quais se aloja a viver mentalmente de rastos, mesmo que vistam de bispo de Bragança-Miranda, de cardeal e de papa. Ou de Putin, Trump, Macron, Netanyahu… Quanto mais Poder(osos), mais possessos de medo, por isso, mais mentalmente de rastos. Armados até aos dentes. E cercados de seguranças por todos os lados.

Eu sei que nos Evangelhos Sinópticos se fala com frequência de possessos do demónio e de expulsão de demónios. O próprio Jesus Nazaré é apresentado com frequência a expulsar demónios. Por isso, a fazer exorcismos. Mas também sei que estamos perante Escritos, histórica e culturalmente, datados. Quando não havia outra explicação para certas manifestações paranormais e doenças do foro psiquiátrico. Como, então, todas essas manifestações e doenças eram experimentadas pelos conterrâneos de Jesus como um Mal, estes atribuíam tudo ao demónio, o nome mítico do Mal. Não é o caso deste nosso tempo da Ciência, também neurológica, que se dá muito bem com a Fé de Jesus, intrinsecamente, anti-religioso, anti-medo, anti-culto dos deuses, anti-poder. E este é o tempo o bispo de Bragança-Miranda e nosso. Pelo que meter-se a falar de Exorcismos, hoje, como se ainda fôssemos do tempo histórico-cultural de Jesus, é insistir em humilhar-aterrorizar as populações. Imperdoável, portanto.

Para cúmulo, as declarações de D. José Cordeiro à Agência Lusa são proferidas, pouco tempo depois do escândalo do ‘Exorcista de Fátima’, o famigerado Pe. Gama, 79 anos, natural de Murça, acusado à Polícia por uma sua cliente de ter abusado sexualmente dela, a pretexto de que o demónio se aloja preferencialmente na vagina das mulheres. Não esclareceu aos jornalistas que o entrevistaram se nos homens o demónio se aloja preferencialmente no ânus de cada um. O que levou de imediato certas pessoas a interrogar-se com fina ironia-e-malícia onde é que o bispo de Bragança-Miranda, auto-promovido a Exorcista-mor cá do reino, quer meter as suas sagradas mãos episcopais.

Falar de pessoas mentalmente perturbadas que hoje estão a recorrer mais aos exorcismos dos clérigos raia o absurdo. Revela que nem o próprio bispo se apercebe que os principais responsáveis por esse aumento são precisamente os clérigos católicos e os pastores de igrejas, com faro para o negócio e para a promoção-culto do Medo. Porque só populações mentalmente possessas de Medo dos deuses (= demónios) são capazes de rastejar em tudo quanto é sítio. De preferência, nos grandes santuários e nos grandes palácios do Poder. Quo vadis, Bispo D. José Cordeiro?

www.jornalfraternizar.pt

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

2 comments

  1. Lucas dos Santos

    Aos 80 anos o padre Mário mostra estar mais lúcido e completamente dentro do século XXI, que o bispo de Bragança. E demonstra-o com um sentido de humor inigualável. Parabéns!

    Gostar

  2. LUÍS PEREIRA

    “Quo vadis, Bispo D. José Cordeiro?”, termina assim o padre Mário o seu brilhante, elucidativo e bem humorado texto.
    Deixo aqui uma resposta à pergunta que ficou no ar:
    – Este bispo “vadis” a toda a velocidade no seu WW Passat CC até à Idade Média de onde parece ter vindo e que parece ter-lhe deixado muitas saudades. Não sei é se terá passageiros suficientes para lotar os lugares no pópó. Depois de lá estar passará a fazer-se transportar de burro, se encontrar algum que queira carregar tanta inteligência!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: