Posts Tagged: fraternizar

FRATERNIZAR – D. Manuel Linda, Bispo do Porto – UM JIPE MISSIONÁRIO NA GUINÉ?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Está a nascer na diocese do Porto um novo modelo de missionário. Como as novas gerações não estão mais para aí viradas e até ‘os seminários das missões’ começam a ser reutilizados para outros fins, como hospedarias e hotéis

FRATERNIZAR – D. Manuel Linda, Bispo do Porto – UM JIPE MISSIONÁRIO NA GUINÉ?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Está a nascer na diocese do Porto um novo modelo de missionário. Como as novas gerações não estão mais para aí viradas e até ‘os seminários das missões’ começam a ser reutilizados para outros fins, como hospedarias e hotéis

FRATERNIZAR – Na diocese de Bragança e Miranda é assim: 70% DAS INSTITUIÇÕES SOCIAIS SÃO DELA! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Anda o bispo de Bragança e Miranda preocupado com a fiscalização do Estado à sua Empresa-diocese que é dona de 70% das instituições sociais instaladas no território. D. José Cordeiro não vê com bons olhos que o Estado, que

FRATERNIZAR – Na diocese de Bragança e Miranda é assim: 70% DAS INSTITUIÇÕES SOCIAIS SÃO DELA! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Anda o bispo de Bragança e Miranda preocupado com a fiscalização do Estado à sua Empresa-diocese que é dona de 70% das instituições sociais instaladas no território. D. José Cordeiro não vê com bons olhos que o Estado, que

FRATERNIZAR – Jornadas Mundiais 2022 em Portugal – DOS JOVENS OU DO PAPA E SEUS CLÉRIGOS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

    Segundo rezam as estatísticas oficiais, cresce em muitas partes do mundo a perseguição aos cristãos católicos e não-católicos. Enquanto nos países do Ocidente, o que cresce é o abandono puro e simples da igreja católica romana, dos seus

FRATERNIZAR – Jornadas Mundiais 2022 em Portugal – DOS JOVENS OU DO PAPA E SEUS CLÉRIGOS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

    Segundo rezam as estatísticas oficiais, cresce em muitas partes do mundo a perseguição aos cristãos católicos e não-católicos. Enquanto nos países do Ocidente, o que cresce é o abandono puro e simples da igreja católica romana, dos seus

FRATERNIZAR – As mulheres e a igreja dos papas – EXCLUSÃO DELAS OU DELA? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Por mais que o papa se apresente mascarado de jovem, em mais uma jornada mundial de ilusionismo – como podem e devem ser classificadas as Jornadas Mundiais da Juventude, realizadas este ano entre 22 e 27 de Janeiro no

FRATERNIZAR – As mulheres e a igreja dos papas – EXCLUSÃO DELAS OU DELA? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Por mais que o papa se apresente mascarado de jovem, em mais uma jornada mundial de ilusionismo – como podem e devem ser classificadas as Jornadas Mundiais da Juventude, realizadas este ano entre 22 e 27 de Janeiro no

FRATERNIZAR – Três eleições num só ano – DELEGARMOS, OU DECIDIRMOS RELIGADOS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Bem se pode dizer que 2019 é o ano de todas as eleições. Para o Parlamento europeu. Para o da Região Autónoma da Madeira. Para o Parlamento Nacional. Estamos à porta da terceira dezena de anos do século XXI,

FRATERNIZAR – Três eleições num só ano – DELEGARMOS, OU DECIDIRMOS RELIGADOS? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Bem se pode dizer que 2019 é o ano de todas as eleições. Para o Parlamento europeu. Para o da Região Autónoma da Madeira. Para o Parlamento Nacional. Estamos à porta da terceira dezena de anos do século XXI,

FRATERNIZAR – Pedofilia dos clérigos católicos – VÍTIMAS QUE PRODUZEM VÍTIMAS – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Por mais que o papa Francisco multiplique as suas intervenções e os pedidos de perdão, não consegue ir à raiz do problema. A pedofilia dos clérigos continua na ordem do dia e só deixará de estar, quando já não

FRATERNIZAR – Pedofilia dos clérigos católicos – VÍTIMAS QUE PRODUZEM VÍTIMAS – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Por mais que o papa Francisco multiplique as suas intervenções e os pedidos de perdão, não consegue ir à raiz do problema. A pedofilia dos clérigos continua na ordem do dia e só deixará de estar, quando já não

FRATERNIZAR – A pergunta que ninguém ousa formular -IGREJAS: UM BEM OU UM MAL ESTRUTURAL?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Com o terceiro milénio acabado de chegar à maioridade, as igrejas cristãs são hoje olhadas-experimentadas como um Bem ou um Mal estrutural entre os povos? Houve tempos em que a Europa e o Ocidente se orgulhavam das suas raízes

FRATERNIZAR – A pergunta que ninguém ousa formular -IGREJAS: UM BEM OU UM MAL ESTRUTURAL?! – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Com o terceiro milénio acabado de chegar à maioridade, as igrejas cristãs são hoje olhadas-experimentadas como um Bem ou um Mal estrutural entre os povos? Houve tempos em que a Europa e o Ocidente se orgulhavam das suas raízes

FRATERNIZAR – O QUE ESPERAR DA GERAÇÃO NASCIDA NO ANO 2000? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Depois de dois mil anos de (in)civilização ocidental cristã que tem estado aí só para roubar, matar e destruir os povos e o planeta, a geração nascida no ano 2000 e que completa 19 anos em 2019 apresenta-se disposta

FRATERNIZAR – O QUE ESPERAR DA GERAÇÃO NASCIDA NO ANO 2000? – por MÁRIO DE OLIVEIRA

  Depois de dois mil anos de (in)civilização ocidental cristã que tem estado aí só para roubar, matar e destruir os povos e o planeta, a geração nascida no ano 2000 e que completa 19 anos em 2019 apresenta-se disposta

FRATERNIZAR – Todos os anos no início de Novembro -MORRER: O FIM OU A PLENITUDE DA VIDA? – por MÁRIO DE OLIVEIRA + nota do director do JORNAL FRATERNIZAR sobre a carta aberta do padre HÉRMINO FERREIRA ao bispo de BRAGANÇA/MIRANDA

  Todos os anos, no início de Novembro, os cemitérios enchem-se de gente de preto vestida, ar compungido, e de flores, muitas e caras flores, numa espécie de orgia sexual a céu aberto. Que a morte e o sexo são

FRATERNIZAR – Todos os anos no início de Novembro -MORRER: O FIM OU A PLENITUDE DA VIDA? – por MÁRIO DE OLIVEIRA + nota do director do JORNAL FRATERNIZAR sobre a carta aberta do padre HÉRMINO FERREIRA ao bispo de BRAGANÇA/MIRANDA

  Todos os anos, no início de Novembro, os cemitérios enchem-se de gente de preto vestida, ar compungido, e de flores, muitas e caras flores, numa espécie de orgia sexual a céu aberto. Que a morte e o sexo são