CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS – A INCAPACIDADE REVELADA PELA GESTÃO DE PAULO MACEDO, O ATAQUE DA ADMINISTRAÇÃO E DO “EXPRESSO” AOS TRABALHADORES, AUMENTOS DE 80% PARA A ADMINISTRAÇÃO E DE 0,35% PARA OS TRABALHADORES, A GREVE MARCADA PARA O DIA 24-8-2018 – por EUGÉNIO ROSA

 

 

 

A INCAPACIDADE REVELADA PELA GESTÃO DE PAULO MACEDO NA CGD, O ATAQUE DA ADMINISTRAÇÃO E DO “EXPRESSO” AOS TRABALHADORES, AUMENTOS DE 80% PARA A ADMINISTRAÇÃO E DE 0,35% PARA OS TRABALHADORES, A GREVE MARCADA PARA O DIA 24-8-2018  

 

Eugénio Rosa concluiu este Estudo da Semana em 19 de Agosto último. Por diversos motivos só agora conseguimos publicá-lo, aqui n’A Viagem dos Argonautas. Alguns dos aspectos que aborda já evoluíram desde essa altura. Contudo achamos que a sua publicação continua a ser do maior interesse para os nossos leitores.

 

RESUMO DESTE ESTUDO, REFLEXÕES SOBRE A GESTÃO DE PAULO MACEDO, E A RAZÃO DA GREVE NA CGD

 

 

A ANÁLISE DA GESTÃO DA ADMINISTRAÇÃO DE PAULO MACEDO FEITA COM BASE NOS RELATÓRIOS E CONTAS DIVULGADOS POR ESTA ADMINISTRAÇÃO

 

 

I – ANÁLISE DAS PRINCIPAIS RUBRICAS DO BALANÇO CONSOLIDADO DA CGD –  Período 2016/1.º Semestre de 2018

 

Quadro 1 – Balanços consolidadas da CGD – Período 2016/1ºSemestre 2018

FONTE: Apresentação dos resultados – 2016, 2017 e 1º Trim. e 1º sem.2017 e 2018 – Administração da CGD

1. A carteira de crédito concedido pela CGD continua a diminuir apesar da CGD ter uma elevada liquidez mas um baixo “rácio de transformação”

 

2. A redução continuada de quota de mercado de crédito da CGD em todos os segmentos de mercado

Quadro 2 – Quota da CGD no mercado do crédito -2016/2018

Quadro 3 – A evolução da carteira de crédito da CGD em Portugal no período 2016-1º Sem.2018

 

3. A evolução dos depósitos de clientes e a perda, pela CGD, de quota de mercado

 

Quadro 4 – Depósitos – evolução da quota mercado de depósitos da CGD   por segmentos

 

4. A evolução dos rácios de solvabilidade da CGD entre 2016 e  o 1º Semestre de 2018

Quadro 5 – Rácios de solvabilidade da CGD no período 2016-1º semestre de 2018

FONTE: Relatórios e contas trimestrais e anuais da CGD – 2016 /1º semestre de 2018 – CGD

5. A erosão da posição de domínio que a CGD detinha no setor bancário

Quadro 6 –  Redução do número de agências e de trabalhadores durante a administração de Paulo Macedo – 2016/2018

 

II – ANÁLISE DAS PRINCIPAIS RUBRICAS DA DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS CONSOLIDADOS DA CGD: Período 2016/1º semestre de 2018

 

 

Quadro 7 – Valores das principais rubricas das Demonstrações de Resultados consolidados da CGD – Período 2016/ 1º semestre de 2018

1. A Margem Financeira continua a ser conseguida fundamentalmente à custa da redução do custo do “funding”, ou seja, dos depositantes, e não devido ao aumento do negócio bancário (crédito)

 

2. O aumento importante da receita de comissões que também penaliza os depositantes

 

 

3. O  aumento insuficiente do “produto bancário core” e do Produto global da atividade

 

4. A redução significativa dos custos operacionais devido ao fecho de agências e à redução do número de trabalhadores

 

 

5. Uma reflexão final sobre a forma como foram obtidos os resultados positivos de 194 milhões € no 1º semestre de 2018

 

III– A DENÚNCIA DO ACORDO DE EMPRESA, E O NOVO E VIOLENTO ATAQUE AOS DIREITOS DOS TRABALHADORES DA CGD QUE O GOVERNO E AS FORÇAS QUE O APOIAM NÃO PODEM IGNORAR

 

Alguns dos direitos atuais dos trabalhadores da CGD que já vigoram há muitos anos que a administração de Paulo Macedo quer eliminar com a denúncia do Acordo de Empresa (AE):

 

IV – ALGUMAS CONCLUSÕES FINAIS E OS DESAFIOS FUTUROS

 

Eugénio Rosa, Economista,  edr2@netcabo.pt , 19-8-2018

About joaompmachado

Nome completo: João Manuel Pacheco Machado

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: