Atividades no Hot Clube de 13 a 17 de Novembro 2018


Hot Clube – Praça da Alegria 48

Dia 13 de Novembro

JAM SESSION COM TOMÁS MARQUES

As jam session de 3ª feira contam com um músico convidado que lidera a sessão.
Em Novembro teremos o saxofnista Tomás Marques.

A sessão começa às 22h30, com um set do grupo residente, passando depois para jam aberta aos músicos que queiram participar.
Entrada livre.

Dias 14 e 15 de Novembro

PAULA OLIVEIRA QUINTETO “CANÇÕES POSSÍVEIS”

Paula Oliveira apresenta “Canções Possíveis” para os “Poemas Possíveis” de José Saramago. Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 10€ para não sócios, entrada gratuita para sócios.

Paula Oliveira – voz e composição; Bernardo Moreira – contrabaixo; Bruno Pedroso – bateria; Luís Cunha – trompete + Leo Tardin – piano

No ano em que se celebra o 20.º aniversário do Prémio Nobel de Literatura a José Saramago, o primeiro a ser atribuído a um escritor de língua portuguesa, Paula Oliveira apresenta um concerto que transporta para o universo musical, através de composições de sua autoria, Os Poemas Possíveis, obra do autor português. A estética musical do repertório vem na continuação do seu percurso ligado ao jazz e à musica portuguesa e apresenta-se em quinteto composto por músicos de referência: Bernardo Moreira (contrabaixo), Leo Tardin (piano), Luís Cunha (trompete) e Bruno Pedroso (bateria).

Paula Oliveira – nota biográfica: Mestrado em musica na área do jazz, neste momento encontra-se a desenvolver o seu projeto de investigação na Universidade de Lisboa no Doutoramento em Artes e da Imagem em Movimento. Faz parte do Corpo Docente da Escola de Jazz Luís Vilas Boas no Hot-clube de Portugal em Lisboa, lecionou no Curso de Jazz da Universidade de Évora e Universidade Lusíada em Lisboa entre 2009 e 2013. Concilia a sua atividade pedagógica com a de Cantora. Participa em Festivais de Jazz em Portugal e no estrangeiro e em vários programas de televisão, destacando-se a “Operação Triunfo”, onde nas três primeiras edições colabora como professora de voz e estilo.

Dias 16 e 17 de Novembro

LUCIAN BAN & MAT MANERI “TRANXYLVANIAN CONCERT”

Concerto a partir das 22h30 (2º set às 00h). 10€ para não sócios, entrada gratuita para sócios.

Lucian Ban – saxofone alto; Mat Maneri – viola

“Transylvanian Concert”

Transylvanian born, NYC based pianist LUCIAN BAN and American violist and Grammy nominee MAT MANERI will be touring Europe in Fall  2018 presenting material from their award winning  ECM records release “Transylvanian Concert” and premiering new music for a follow up album: Paul Motian & Sun Ra pieces, re-imagined Transylvanian folk songs, blues & ballads  re-constructed pieces by famed XX composer George Enesco, original compositions and more.

When Romanian-born pianist Lucian Ban and Grammy-nominated violinist Mat Maneri joined up for a concert in an opera house in Targu Mures in the middle of Romania’s Transylvania region, the music was, as Jazz Times puts it, “as close as it gets to Goth jazz.” Released in 2013 by ECM Records, the Transylvanian Concert album features a program of self-penned ballads, blues, hymns and abstract improvisations, the whole informed by the twin traditions of jazz and European chamber music, and album has won critical acclaim on both sides of the Atlantic, including several Best Album of 2013 awards, and has spawned continuous touring.

The two musicians first worked together in 2009 in the “Enesco Re-Imagined” octet conceived  as a as a celebration and a contemporary jazz re-imagination of the works of the great Romanian composer George Enescu. Featuring an A list of New York most celebrated jazz musicians – Ralph Alessi, Tony Malaby, John Hebert Gerald Cleaver, Mat Maneri, Albrecht Maurer and Indian tabla legend Badal Roy – the album was recorded live at the 2009 Enescu International Festival in Bucharest and was released to critical acclaim by Sunnyside Records in NYC. The CD won multiple BEST ALBUM of the YEAR  Awards from Jazz Journalist Association and got worldwide press coverage, including concerts in major venues and festivals in United States and Europe. JAZZ TIMES said “Enesco Re-Imagined is visionary third-stream music . . . this recording places Ban and Hébert among the great 21st-century interpreters.” and discussing their London Jazz Fest appearance at Elizabeth Hall The GUARDIAN  talks about its “rare combination of uninhibited but coherent solo and collective improv, shrewd arrangement and dazzling thematic writing”, while London Evening Standard says “ 4* Stars! Romanian jazz can swing like the clappers one minute and break your heart the next”.

Em parceria com: Instituto Cultural Romeno

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: