Tempos de pandemia, de disfuncionamento da justiça, de disfuncionamento dos mercados, de apostas selvagens em Wall Street – 3. ARCHEGOS E AS APOSTAS SELVAGENS DE WALL STREET: 3A – OS PRODUTOS DERIVADOS : 5. Archegos/Principais corretores: a alavancagem induz o enjoo de altitude nos picos de mercado. Por Duk News

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota

3A. Os produtos derivados – 5. Archegos/Principais corretores: a alavancagem induz o enjoo de altitude nos picos de mercado

 

Publicado por  em 29/03/2021 (ver aqui)

 

 

Um advogado do falido grupo de aluguer de automóveis Hertz disse assustadoramente a um juiz no ano passado: “Há forças em ação que nós, pessoas não financeiras … não podemos senão observar”. A atividade paranormal tem normalmente uma explicação racional, nesse caso, a compra a retalho. A “desalavancagem forçada” pelo fundo privado Archegos Capital também esteve por detrás de uma estranha queda nas ações da ViacomCBS.

A Archegos enfrentou chamadas de margem sobre as suas posições no ViacomCBS e em outras ações de alto nível. Espera-se que a Nomura e o Credit Suisse registem grandes perdas. As instituições financeiras supostamente sóbrias estão tão expostas à destruição de investimentos imprudentes como os operadores de retalho em bolsa altamente impetuosos.

Nos atuais picos de preços dos ativos, o enjoo de altitude exacerbado pela alavancagem é um risco sempre presente, como demonstrado pelo colapso da Greensill Capital, outro cliente do Credit Suisse.

A ViacomCBS, que chegou a ser vista como um morto vivo, tinha feito progressos suficientes no domínio do fluxo contínuo para evitar questões sobre o seu desaparecimento iminente. No entanto, a grande emissora norte-americana, juntamente com a rival Discovery Networks, tinha deixado perplexos os observadores. Estes notaram que a empresa tinha de duplicar as suas despesas anuais para manter os seus direitos de transmissão dos jogos da Liga Nacional de Futebol.

Na semana passada, após o preço das suas ações ter quase triplicado no ano até à data, a ViacomCBS fez uma boa escolha. Vendeu 3 mil milhões de dólares de ações comuns e de ações preferenciais convertíveis, a um múltiplo implícito da relação preço de compra/benefício de 24 vezes, enquanto que este rácio era de um só dígito  no final do ano passado.

Não surpreendentemente, uma vez que a ViacomCBS decidiu diluir os ganhos por ação, muitos investidores decidiram que era altura de retirar dinheiro da mesa. Ainda assim, o maior movimento nos seus títulos foi na sexta-feira, dois dias depois da oferta de títulos ter sido cotada. As ações de ViacomCBS caíram 27% no volume de transações que foi mais de 10 vezes o nível médio entre a semana precedente e o início de 2021.

2020 tinha marcado um renascimento para as transações em bolsa de empresas como a Goldman Sachs e a Morgan Stanley, que beneficiaram da volatilidade dos mercados financeiros. As unidades de “corretagem principal” desses dois bancos de investimento tinham aparentemente alargado a alavancagem à Archegos, a quem tinham colocado chamadas de margem na semana passada. Estes dois bancos foram então alegadamente mais rápidos a descarregar títulos no mercado do que o Nomura e o Credit Suisse.

A questão a levantar para esta semana é se a tomada de consciência sobre as altas valorizações de ações irá repercutir-se noutros fundos de ações e de investimento. Poderá então ocorrer uma corrida à venda de títulos, agravado pela alavancagem, como verificado no caso de Archegos. Quando as coisas correm mal durante a noite – ou no dia da transação – o culpado é habitualmente o poltergeist, o fantasma.

 

 

 

 

 

Leave a Reply