As vacinas ARNm contra o Covid e a sua aplicação nas crianças – 4. A taxa de mortalidade aumentou 40% em relação aos níveis pré-pandémicos entre as pessoas em idade ativa. Por Robert Malone 

 

Seleção e tradução de Júlio Marques Mota

 

Nota de editor:

Este artigo de Robert Malone parece confirmar, como diz Júlio Marques Mota (ver aqui), “a sua tendência para divulgar informação incorrecta ou infundada sobre o impacto das vacinas Covid. Desde logo omitindo que as afirmações que cita provêm do CEO de uma empresa de seguros de vida do estado de Indiana, e que, portanto, esses dados dizem respeito apenas a esse estado, e ignorando testemunhos que contradizem as suas afirmações sobre o impacto das vacinas ARNm em crianças (consultando a internet podem encontrar-se diversos estudos, ainda parcelares, sobre o Covid e a taxa de mortalidade em vários pontos do mundo, que estão muito longe da simplificação dada por Malone).”


 

4. A taxa de mortalidade aumentou 40% em relação aos níveis pré-pandémicos entre as pessoas em idade ativa 

Publicado por  em 3 Janeiro de 2022 (original aqui)

 

A maior experiência registada sobre seres humanos da história falhou

 

Publicado por Dr. Robert Malone, virologista americano, imunologista, e criador da tecnologia ARNm.

 

“Estamos a ver, neste momento, as taxas de mortalidade mais elevadas que vimos na história do negócio de seguros – não apenas na OneAmerica”, disse o CEO da empresa, Scott Davison, durante uma conferência de imprensa online esta semana. “Os dados são consistentes em todos os intervenientes neste negócio”.

Davison disse que o aumento de mortes representa “números enormes, enormes”, e que não são as pessoas idosas que estão a morrer, mas “principalmente as pessoas em idade ativa de 18 a 64 anos” que são os empregados de empresas que têm planos de seguro de vida em grupo através da OneAmerica.

“E o que vimos apenas no terceiro trimestre, estamos a vê-lo continuar no quarto trimestre, é que as taxas de mortalidade aumentaram 40% em relação ao que eram antes da pandemia “, disse ele.

“Só para vos dar uma ideia de como isso é mau, uma catástrofe de três sigma ou uma em 200 anos seria um aumento de 10% sobre o que era pré-pandémico”, disse ele. “Portanto, 40% é simplesmente inaudito”.

O que é que está a levar a este aumento sem precedentes na mortalidade por todas as causas juntas?

NO MÍNIMO, com base na minha leitura, temos de concluir que se este relatório se mantiver e for confirmado por outros no mundo seco dos actuários de seguros de vida, temos simultaneamente uma enorme tragédia humana e uma profunda falha de política pública do Governo dos EUA e do sistema HHS dos EUA para servir e proteger os cidadãos que pagam por este “serviço”.

Se isto se confirmar, então as vacinas genéticas tão agressivamente promovidas falharam, e a clara campanha federal para prevenir o tratamento precoce com medicamentos que salvam vidas contribuiu para uma perda de vidas maciça e evitável.

NA PIOR DAS HIPÓTESES, este relatório implica que os mandatos federais de vacinas no local de trabalho conduziram ao que parece ser um verdadeiro crime contra a humanidade. Perda maciça de vidas em (presumivelmente) trabalhadores que foram forçados a aceitar uma vacina tóxica com maior frequência em relação à população geral do estado de Indiana.

AINDA, temos também vivido a campanha de propaganda e censura mais maciça e globalmente coordenada da história da raça humana. Todos os principais meios de comunicação social e as empresas de tecnologia dos meios de comunicação social coordenaram para abafar e suprimir qualquer discussão sobre os riscos das vacinas genéticas E/OU tratamentos alternativos precoces.

SE este relatório for verdadeiro, deve haver responsabilização.  Não estamos apenas a falar de atropelar a primeira emenda da Constituição dos Estados Unidos e moê-la na lama com um exército de infantaria pesada alimentado por inteligência artificial. Este artigo lê-se como uma descrição seca de um evento de baixas em massa evitável causado por um procedimento médico experimental obrigatório. Um para o qual todas as oportunidades para as vítimas se terem tornado auto-informadas sobre os riscos potenciais foram metodicamente apagadas tanto da Internet como da consciência pública por uma cabala corrupta internacional que opera sob a bandeira da “Trusted News Initiative”. George Orwell deve estar a dar voltas na sua sepultura.

 

 

Leave a Reply