Posts Tagged: portugal

HOJE É O PRIMEIRO DE DEZEMBRO, por João Machado

    Portugal, na sua história, tem várias datas com forte significado. O 14 de Agosto, dia da batalha de Aljubarrota  e  o 1.º de Dezembro,  que marca o início do processo de expulsão da casa de Habsburgo, assinalam momentos

HOJE É O PRIMEIRO DE DEZEMBRO, por João Machado

    Portugal, na sua história, tem várias datas com forte significado. O 14 de Agosto, dia da batalha de Aljubarrota  e  o 1.º de Dezembro,  que marca o início do processo de expulsão da casa de Habsburgo, assinalam momentos

LANÇAMENTO de “PORTUGAL E A UNIÃO EUROPEIA – DA “LONGA DESCOBERTA” À “EUROPA QUE (NÃO) QUEREMOS””, de JOÃO MARTINS PEREIRA – organização de JOÃO MOREIRA – HOJE, TERÇA-FEIRA, 26 de NOVEMBRO, às 18 horas, na ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL, Rua da MISERICÓRDIA, 95, LISBOA

    A crise de 2008, que ainda vivemos, veio colocar em causa a aura democrática e solidária que ainda hoje envolve a União Europeia. Nem mesmo o Prémio Nobel da Paz ganho recentemente consegue encobrir políticas tão reprováveis como

LANÇAMENTO de “PORTUGAL E A UNIÃO EUROPEIA – DA “LONGA DESCOBERTA” À “EUROPA QUE (NÃO) QUEREMOS””, de JOÃO MARTINS PEREIRA – organização de JOÃO MOREIRA – HOJE, TERÇA-FEIRA, 26 de NOVEMBRO, às 18 horas, na ASSOCIAÇÃO 25 DE ABRIL, Rua da MISERICÓRDIA, 95, LISBOA

    A crise de 2008, que ainda vivemos, veio colocar em causa a aura democrática e solidária que ainda hoje envolve a União Europeia. Nem mesmo o Prémio Nobel da Paz ganho recentemente consegue encobrir políticas tão reprováveis como

1640 – PORTUGAL E CATALUNHA DESAFIAM O IMPÉRIO DOS ÁUSTRIAS – Carlos Loures e Josep Anton Vidal

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Há 372 anos, em 1 de Dezembro de 1640, Portugal recuperava a plena independência perdida 60 anos antes. Isto, embora formalmente tenhamos continuado a ser um reino, com seus foros e privilégios. Os…

1640 – PORTUGAL E CATALUNHA DESAFIAM O IMPÉRIO DOS ÁUSTRIAS – Carlos Loures e Josep Anton Vidal

Publicado originalmente em A Viagem dos Argonautas:
Há 372 anos, em 1 de Dezembro de 1640, Portugal recuperava a plena independência perdida 60 anos antes. Isto, embora formalmente tenhamos continuado a ser um reino, com seus foros e privilégios. Os…

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – NOTA DE IMPRENSA – PROTEJO REAFIRMA QUE ESPANHA NÃO CUMPRIU MESMO A CONVENÇÃO DE ALBUFEIRA NO ANO HIDROLÓGICO DE 2018/2019

Quarta-feira, 9 de Outubro de 2019   Espanha não cumpriu mesmo a Convenção de Albufeira neste ano hidrológico de 2018/2019, que terminou no passado mês de setembro, ao contrário da informação veiculada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) na sua

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – NOTA DE IMPRENSA – PROTEJO REAFIRMA QUE ESPANHA NÃO CUMPRIU MESMO A CONVENÇÃO DE ALBUFEIRA NO ANO HIDROLÓGICO DE 2018/2019

Quarta-feira, 9 de Outubro de 2019   Espanha não cumpriu mesmo a Convenção de Albufeira neste ano hidrológico de 2018/2019, que terminou no passado mês de setembro, ao contrário da informação veiculada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA) na sua

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – NOTA DE IMPRENSA – PROTEJO ESTIMA UM INCUMPRIMENTO DA CONVENÇÃO DE ALBUFEIRA POR PARTE DE ESPANHA NO ANO HIDROLÓGICO DE 2018/2019

  Segunda-feira, 7 de Outubro de 2019   Espanha não terá cumprido a Convenção de Albufeira neste ano hidrológico de2018/2019, que terminou no passado mês de setembro, apesar das enormes descargas de água que realizou nos meses de agosto e

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – NOTA DE IMPRENSA – PROTEJO ESTIMA UM INCUMPRIMENTO DA CONVENÇÃO DE ALBUFEIRA POR PARTE DE ESPANHA NO ANO HIDROLÓGICO DE 2018/2019

  Segunda-feira, 7 de Outubro de 2019   Espanha não terá cumprido a Convenção de Albufeira neste ano hidrológico de2018/2019, que terminou no passado mês de setembro, apesar das enormes descargas de água que realizou nos meses de agosto e

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – “QUANDO AS BARRAGENS SECARAM O TEJO!” OU “SETEMBRO, ÁGUAS MIL!“ – CRÓNICA “CÁ POR CAUSAS” – OUTUBRO DE 2019

  Sexta-feira, 4 de Outubro de 2019 Porque “seca” o rio Tejo em Portugal? Pela mesma razão que na Estremadura espanhola. A gestão hidroelétrica discricionária realizada pelas empresas concessionárias, à sua maneira e vontade, faz com que o rio Tejo

PROTEJO – MOVIMENTO PELO TEJO – “QUANDO AS BARRAGENS SECARAM O TEJO!” OU “SETEMBRO, ÁGUAS MIL!“ – CRÓNICA “CÁ POR CAUSAS” – OUTUBRO DE 2019

  Sexta-feira, 4 de Outubro de 2019 Porque “seca” o rio Tejo em Portugal? Pela mesma razão que na Estremadura espanhola. A gestão hidroelétrica discricionária realizada pelas empresas concessionárias, à sua maneira e vontade, faz com que o rio Tejo

A reforma das pensões ou a impossibilidade de transportar património monetário para o futuro – 6. Novas-Velhas Profecias sobre o Futuro das Pensões. Por Maria Clara Murteira

Seleção de Francisco Tavares 6. Novas-Velhas Profecias sobre o Futuro das Pensões  Por Maria Clara Murteira Publicado por em 23 maio de 2019 (ver aqui)   Em Abril, a comunicação social deu ampla divulgação aos resultados de um estudo patrocinado

A reforma das pensões ou a impossibilidade de transportar património monetário para o futuro – 6. Novas-Velhas Profecias sobre o Futuro das Pensões. Por Maria Clara Murteira

Seleção de Francisco Tavares 6. Novas-Velhas Profecias sobre o Futuro das Pensões  Por Maria Clara Murteira Publicado por em 23 maio de 2019 (ver aqui)   Em Abril, a comunicação social deu ampla divulgação aos resultados de um estudo patrocinado

O CRESCIMENTO ECONÓMICO EM PORTUGAL, O AUMENTO DO CRÉDITO AO SETOR PÚBLICO, A REDUÇÃO DO CRÉDITO AO SETOR PRIVADO E AOS PARTICULARES, E OS LUCROS NUM SETOR EM CRISE E CADA VEZ MAIS DOMINADO PELA BANCA ESTRANGEIRA, por EUGÉNIO ROSA

O CRÉDITO À ECONOMIA E ÀS FAMÍLIAS NÃO TEM AUMENTADO, E A SUBIDA RESIDUAL DO CRÉDITO É DEVIDA AO CRESCENTE ENDIVIDAMENTO DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS Quadro 1- A evolução do endividamento do setor não financeiro no período 2015/2019 A PERDA DE

O CRESCIMENTO ECONÓMICO EM PORTUGAL, O AUMENTO DO CRÉDITO AO SETOR PÚBLICO, A REDUÇÃO DO CRÉDITO AO SETOR PRIVADO E AOS PARTICULARES, E OS LUCROS NUM SETOR EM CRISE E CADA VEZ MAIS DOMINADO PELA BANCA ESTRANGEIRA, por EUGÉNIO ROSA

O CRÉDITO À ECONOMIA E ÀS FAMÍLIAS NÃO TEM AUMENTADO, E A SUBIDA RESIDUAL DO CRÉDITO É DEVIDA AO CRESCENTE ENDIVIDAMENTO DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS Quadro 1- A evolução do endividamento do setor não financeiro no período 2015/2019 A PERDA DE

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (292)

. FERNÃO DE MAGALHÃES CONVENTO CORPUS CHRISTI – PORTO CARTOON COMEMORAÇÃO DOS 500 ANOS DA VIAGEM DE CIRCUM-NAVEGAÇÃO . O Convento de Corpus Christi, em Vila Nova de Gaia, também conhecido como “Convento de São Domingos das Donas do Porto”,

UMA CARTA DO PORTO – Por José Fernando Magalhães (292)

. FERNÃO DE MAGALHÃES CONVENTO CORPUS CHRISTI – PORTO CARTOON COMEMORAÇÃO DOS 500 ANOS DA VIAGEM DE CIRCUM-NAVEGAÇÃO . O Convento de Corpus Christi, em Vila Nova de Gaia, também conhecido como “Convento de São Domingos das Donas do Porto”,

SALÁRIOS REAIS DIMINUEM EM PORTUGAL ENTRE 2015 E 2018 SEGUNDO O MINISTÉRIO DO TRABALHO – por EUGÉNIO ROSA

http://gep.msess.gov.pt/estatistica/gerais/be.html Quadro 1 – Evolução da Remuneração Base Mensal e do Ganho Mensal nominais e reais dos trabalhadores portugueses – setor privado- período 2015/2018 A EXPULSÃO PARA O ESTRANGEIRO DOS TRABALHADORES MAIS QUALIFICADOS Quadro 2 – A variação da Remuneração

SALÁRIOS REAIS DIMINUEM EM PORTUGAL ENTRE 2015 E 2018 SEGUNDO O MINISTÉRIO DO TRABALHO – por EUGÉNIO ROSA

http://gep.msess.gov.pt/estatistica/gerais/be.html Quadro 1 – Evolução da Remuneração Base Mensal e do Ganho Mensal nominais e reais dos trabalhadores portugueses – setor privado- período 2015/2018 A EXPULSÃO PARA O ESTRANGEIRO DOS TRABALHADORES MAIS QUALIFICADOS Quadro 2 – A variação da Remuneração