Navegar, navegar – Fausto Bordalo Dias

Finalmente, depois de termos ouvido o Navegar, Navegar, pelas Bandas de Vilela e da Armada Portuguesa, vamos ouvi-la pelo seu autor, o nosso amigo Fausto – esta sua magnífica e inesquecível canção fica sendo o hino do nosso blogue.

 

Uma saudação muito especial para o Fausto!

 

 

 

Leave a Reply