Os pés pelas mãos – Marcos Cruz

 

 

A minha filha está na cozinha, em bicos de pés, a tentar chegar com as mãozitas a um pacote de bolachas que eu afastei o suficiente, julgo, da borda do balcão. Afinal, julgo mal: ela fez cair o pacote. Ponho-me a imaginar o que pensará ela sobre a conquista – se achará que foram as mãos as responsáveis, se atribuirá o mérito à inclinação dos pés, se premiará o conjunto ou se nem perderá tempo a reflectir sobre isso, que é o mais provável. O meu pai está na cozinha, sentado, a dizer-me que a ciência, mesmo sendo um cemitério de hipóteses, é o único caminho para a verdade, ao passo que a filosofia é, na generalidade, um amontoado de disparates. Segundo ele, a filosofia é apenas um degrau, um degrau que está abaixo da ciência. Eu pergunto-me, e pergunto-lhe por outras palavras, sem que ele mostre vontade de me ouvir, se esse degrau não estará para a ciência como os pés da minha filha estarão para as suas mãos na abordagem ao pacote de bolachas.

 

 

Marcos Gomes Coelho Pinho da Cruz, nasceu em 7 de Outubro de 1972, no Porto. Licenciado em Comunicação Social pela Escola Superior de Jornalismo da Universidade do Porto. O seu trabalho final versou sobre o tema“A secção de Cultura na perspectiva dos editores – Jornais portugueses de informação geral”, aprovada com 15 valores É jornalista profissional. Até Abril de 2009, exerceu funções de crítico de Música e Cinema na redacção do Porto do Diário de Notícias, colaborando também no suplemento DN Gente. Os seus serviços foram dispensados, num processo de despedimento colectivo que envolveu mais de 120 profissionais,

Participou em júris de festivais de cinema (Fantasporto, Cinanima, Curtas Vila do Conde, Luso-Brasileiro da Feira e Ovar Vídeo) e em júris de selecção de projectos musicais (Serralves em Festa), de argumentos para filme (Novos Talentos FNAC).

Fundador e colaborador de diversas revistas culturais – Op, Camaleão, Hei, Plastic. Tem participado em debates, conferências e outros eventos de natureza cultural e artística.

Leave a Reply