15 de Setembro. Independência da América Central. – por Carlos Mesquita

 

Publicado em O ClariNet

Por toda a América Latina fazem-se ou preparam-se comemorações do bicentenário das independências. Com ou sem guerras de independência, no início do século XIX chegou a emancipação política dos povos da América Central e do Sul. Para isso concorreu, a invasão por Napoleão da Península Ibérica e os ideais do iluminismo nas colónias.

A América espanhola e o Brasil português deram lugar a países independentes, embora ainda tenha levado uns anos a definirem as actuais fronteiras e identidades e seja permanente a transformação politica e reorganização económica do continente.

A 15 de Fevereiro de 1821, a América Central declarou-se (pacificamente) independente de Espanha. No Império espanhol da Nova Espanha a região pertencia à “Capitania Geral da Guatemala” (também Chiapas que optou em referendo por incorporar o México), constituíram as Províncias Unidas da América Central, desde 1824 chamada Republica Federal da América Central. A Federação integrava os futuros países, Costa Rica, Nicarágua, Guatemala, Honduras e El Salvador. Entre 1829 e 1941 proclamaram individualmente a sua autonomia.

Leave a Reply