UM CAFÉ NA INTERNET – Gramáticas do Olhar, por Ana Luísa Amaral

 (1956 – ) 

Um café na Internet

 


 

 

 

 

 

 

 

 

Cruzar olhares será tarefa fácil,

mas não trocar de olhar:

 

Em foco: um outro ponto, do avesso,

em avesso: outra luz,

outra paisagem

 

Como de um outro azul,

um brilho outro,

um céu rasgado a nuvens

de outra cor

 

Cruzar olhares será tarefa breve,

trocar de olhar: uma forma de pôr

em palco de deserto, antes miragem:

agora uma viagem

sem regresso

 

─ que a troca: irreversível:

 

Uma forma de excesso devolvido

ao espaço inabitado

por igual

 

Cruzar olhares: uma tarefa curta.

(A outra:

A mais gramatical

forma de amar)

 

In A Arte de Ser Tigre, Inversos. Gótica. Lisboa, 2003. Para a Ana Luísa Amaral, os nossos cumprimentos. E também os nossos agradecimentos, extensivos á Gótica.

Leave a Reply