UM CAFÉ NA INTERNET – Ana Maria Machado (1941)

Ana Maria Machado, poetisa, jornalista, pintora e professora brasileira, nasceu no Rio de Janeiro no dia 24 de Dezembro de 1941.

Hoje, dia do seu aniversário, prestamos-lhe uma singela homenagem, colocando-a nesta galeria de mulheres que escrevem poesia na nossa língua. Formada em Letras pela Universidade do Brasil, leccionou na Universidade Federal do Rio de Janeiro e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.  Trabalhou por mais de dez anos na Rádio Jornal do Brasil. Em 1980, fundou no Rio a primeira livraria infantil no Brasil, a Malasartes (ainda existe). Em 1981 recebeu o Prémio Casa de Las Américas com o livro De Olho nas penas. Em 2000, recebeu o Prémio Hans Christian Andersen, o mais importante galardão mundial de literatura infantil. É provavelmente a escritora de língua portuguesa que mais livros vendeu – está a caminho dos vinte milhões de cópias vendidas. Aliás a promoção do livro e da leitura é uma das suas actividades principais. Acaba de de ser eleita como presidente da Academia Brasileira de Letras para o biénio 2012/2013.

 

Parabéns Ana Maria Machado.

 

 

 

 

2 poemas de Ana Maria Machado 

 

“Maré baixa” e “Estrelas” estão entre os 19 poemas do livro “Sinais do mar”, de Ana Maria Machado, recentemente lançado.

 

 

MARÉ BAIXA

Onde anda a onda
se a lua rotunda
se acende redonda
se brilha precisa
na calma tã lisa
da pele do mar?

Em que fenda se finda?
Em que rede se enrreda?
Em que sonda se afunda?
Onde trama sua renda
de espuma tão fina
de puro luar?

ESTRELAS

Cinco pontas
cinco destinos
são areias tontas
de desatinos

Cinco sentidos
cinco caminhos
grãos tão moídos
por mares e moinhos

Estrela-guia
em alto-mar
outra Maria
veio me chamar.

 

 

 

 

 

Leave a Reply