ALERGIA – por Fernando Correia da Silva

Um Café na Internet

Um dia, estava eu exilado em São Paulo (Brasil), convidei o meu pai e o Casais Monteiro a irmos dar um mergulho numa das praias de Santos. Toparam. Peguei no carro e descemos até ao litoral. Chegados à beira-mar de Itanhaen, logo nos despimos e ficámos em calção de banho. Eu e o meu pai quedamos impressionados com o peito mais que vermelho do Casais. Perguntei: 

– Mas ó Casais, o que é isso?

– Alergia!

O meu pai logo desenrolou um relatório sobre as vantagens de uma certa pomada anti-alérgica. O Casais reagiu:

– Ó sr. Silva, não vale a pena. Esta alergia não há pomada que a vença.

– Mas que alergia é essa?

– Eu sou alérgico ao Casais…

Gargalhadas. Até hoje, quando recordo a cena, e já lá vão uns cinquenta anos…

Leave a Reply